O Olhar de Veteranos à procura de São Paulo para os Jovens

Lançado pela Cosac Naif e Sesc SP a coleção Ópera Urbana traz quatro volumes para pensar São Paulo e construir, de forma colaborativa, a cidade

Falar de uma metrópole e, com isso, traçar um novo olhar para ela e para seus espaços urbanos.  Essa é a proposta da coleção multimídia “Ópera Urbana”, lançada recentemente pela editora Cosac Naif e o Sesc SP.

A coleção leva o nome de “Ópera Urbana” por se utilizar de libretos na parte interna de cada volume, espécie de mini-guias sobre a cidade com informações variadas de fotografias, referências cinematográficas e literárias, além de sites e roteiros de passeios.  O que pretendem os idealizadores é que o libreto seja material de apoio a ser utilizado por professores durante a aula.

divulgaçãoVolumes da coleção Ópera Urbana
Volumes da coleção Ópera Urbana

O projeto  teve início em 2003, quando os organizadores Heloísa Prieto, Augusto Massi e Daniel Kondo resolveram criar uma coleção de livros voltada ao adolescente de grandes metrópoles.  Para Massi, a coleção conversa com o jovem envolto a questões proibitivas da idade como o de não poder ficar na rua, ou de não ter dinheiro para ir ao cinema. “O adolescente se apropria muito pouco da cidade”, comenta.

Para isso, a comissão organizadora se debruçou sobre uma São Paulo que fosse comum a eles e que ao mesmo tempo fosse descoberta durante a execução do projeto. Os primeiros quatro volumes falam sobre a cidade de São Paulo e destacam pontos e espaços universais a qualquer metrópole como o cemitério, por exemplo.

Coleções que dialogam

Chamado de Cidade dos Deitados, o volume respeita a clássica ordem de estrutura de um livro começo, meio e fim. O livro envolve uma tribo gótica e uma adolescente que foge de uma festa sem graça e vai parar no cemitério.

A segunda edição Montanha Russa foi escrita por Fernando Bonassi e procura traçar um paralelo de gerações através da relação entre pai e filho num parque de diversão. Com ilustrações de Jan Limpens, que lembram os traços de Hergé para Tintim.

Em Surfando na Marquise, de Paulo Bloise  o parque Ibirapuera é quem conta a história, que passa no dia do aniversário da cidade, 25 de janeiro. Ideias para um conto passam pela cabeça do narrador.  Paulo Bloise, é mestre em psiquiatria pela UNIFESP, responsável pela fundação do Ambulatório de Crise Psiquiátrica e o Núcleo de Integração Mente-Corpo, o Anthropos e  frequentador assíduo,  já foi confundido como funcionário do parque.

Av. Paulista, de Carla Caffé é um convite informal para o leitor caminhar pela maior Avenida de São Paulo, a Paulista.  Arrojado, é mais um livro de imagens observadas pela autora nos três quilômetros da avenida. “A ideia é que as pessoas, através da realidade, possam imaginar novas possibilidades”, comenta.

Um Livro que escapa ao livro

De caráter multimídia, a coleção permite que  o usuário encaminhe conteúdos colaborativos para alimentar a coleção, e possibilita que esse eduque o olhar e descubra a cidade através dele. O conteúdo da coleção é atraente também ao professor quando oferecido como ferramenta pedagógica. “Nós jogamos a informação e o professor constrói o debate”, enfatiza Massi.

Massi se entusiasma ao pensar  que o espaço público possa ser o local de encontro entre o professor e o aluno e que através dele possa ser estabelecida uma relação de mais igualdade.

[issuu layout=http%3A%2F%2Fskin.issuu.com%2Fv%2Fcolor%2Flayout.xml backgroundcolor=FFFFFF showflipbtn=true autoflip=true autofliptime=6000 documentid=090821222311-7478c2b2751c4bad9c7fa63900d33ffe docname=revista_opera username=catracalivre loadinginfotext=Revista%20%C3%93pera%20Urbana showhtmllink=true tag=urbana width=420 height=292 unit=px]

Para acessar o projeto Ópera Urbana clique

1 / 8
1
03:46
‘Pretendo beneficiar um filho meu, sim’ diz Bolsonaro sobre embaixada
Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a nomeação de seu filho, …
2
03:15
Num ato de coragem, MBL pede desculpas publicamente
O jornalista Gilberto Dimenstein e a Catraca Livre já foram diversas vezes vítimas das milícias digitais do MBL com as …
3
03:04
O real motivo do ataque de Bolsonaro ao filme de Bruna Surfistinha
Jair Bolsonaro decidiu atacar o filme realizado por Deborah Secco sobre a ex-prostituta Bruna Surfistinha. Motivo oficial: o filme, usando …
4
02:13
Entenda os desdobramentos do caso Tabata Amaral no PDT
O PDT suspendeu a deputada federal Tabata Amaral e outros sete parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência, …
5
02:03
Incêndio em estúdio de animação em Japão deixa dezenas de mortos
Dezenas de pessoas morreram durante um incêndio criminoso que tomou conta do estúdio de animação da Kyoto Animation, na cidade …
6
02:19
Barragem abandonada corre risco de rompimento no interior de SP
Uma matéria publicada pelo G1 alerta para o risco de rompimento da barragem de água em Iaras, no interior de …
7
02:30
O que significa a gargalhada de Caetano Veloso?
Um vídeo do cantor Caetano Veloso gargalhando está viralizando nas redes sociais. O motivo da piada é a entrevista que …
8
01:51
Site ‘Não me Perturbe’ permite bloquear ligações de telemarketing
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou o Não me Perturbe, site que permite bloquear ligações de telemarketing. O sistema …