Últimas notícias:

Loading...

‘O Outro Lado do Paraíso’: Vinícius tentará matar Clara

Pedófilo exigirá que a mocinha convença a enteada a tirar acusação

Por: Redação
Vinícius (Flávio Tolezani) e Clara (Bianca Bin)

Clara (Bianca Bin) ainda sofrerá muito nas mãos de seus rivais em “O Outro Lado do Paraíso” – trama das 21h da TV Globo. Nos próximos capítulos da novela de Walcyr Carrasco, a mocinha será estrangulada por Vinícius (Flávio Tolezani).

A tentativa de matar a professora acontecerá quando Laura (Bella Piero) acusar o delegado de pedofilia, após receber conselho de Clara, segundo o “Notícias da TV”.

O padrasto da jovem ficará enfurecido com a mocinha e pedirá que ela faça a sua enteada retirar a denúncia já registrada na delegacia por Bruno (Caio Paduan).

Vinícius chegará a ficar de joelhos e implorar a ajuda da vingativa, assim como Samuel (Eriberto Leão) fez para que Suzy (Ellen Rocche) não soubesse que ele é gay.

Irredutível, Clara não cederá e o pedófilo colocará as duas mãos no pescoço da mocinha até ela se engasgar e começar a ficar roxa. Neste momento, Janete (Daniela Fontan) o agarrará, impedindo que ele acabe com a vida de Clara.

Leia a matéria na íntegra.

Abuso infantil é crime. Saiba como denunciar caso de abuso infantil ou disque 100:

O serviço do Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes é coordenado e executado pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República.

Por meio do 100, o usuário pode denunciar violências contra crianças e adolescentes, colher informações acerca do paradeiro de crianças e adolescentes desaparecidos, tráfico de pessoas – independentemente da idade da vítima – e obter informações sobre os Conselhos Tutelares.

O serviço funciona diariamente de 8h às 22h, inclusive nos finais de semana e feriados. As denúncias recebidas são analisadas e encaminhadas aos órgãos de defesa e responsabilização, conforme a competência, num prazo de 24h. A identidade do denunciante é mantida em absoluto sigilo. (As informações são da UNICEF)

Compartilhe: