Informar

Onde estão os brasileiros que ajudarão a definir o futuro do país

Em todo o mundo, 500.727 brasileiros estão inscritos em 1.790 seções eleitorais

Por: Redação | Comunicar erro

Em todo o mundo, 500.727 eleitores brasileiros estão inscritos em 1.790 seções. Destes, mais da metade – ou 51, 9% – vivem em países como Estados Unidos, Japão e Portugal e podem ajudar a definir o presidente eleito nas eleições de outubro.

Números disponibilizados pela Justiça Eleitoral mostram ainda que 13 países reúnem mais de 5 mil eleitores cadastrados mundo afora: equivalente a 86,5% do eleitorado no exterior.

Os números atuais indicam um considerável aumento sobre a população brasileira que deixou o país desde a última eleição. Em 2014, 354 mil eleitores podiam  votar fora do Brasil. O que significa aumento de 41,4%. Há quatro anos, Miami era a cidade com a maior quantidade de eleitores brasileiro.

A menos de um mês para as eleições, os Estados Unidos reúnem o maior número de potenciais eleitores, com 160.035 brasileiros. Japão (60.720) e Portugal (39.246) aparecem na sequência. Boston e Miami, nos Estados Unidos, com 35.051 e 34.347 eleitores, respectivamente, são as cidades com mais representantes

eleitores brasileiros
Crédito: DivulgaçãoConsulado brasileiro em Londres

Brasileiros pelo mundo 

A capital japonesa Tóquio é a terceira cidade com maior número de eleitores fora do Brasil, somando pouco mais de 26 mil inscritos. A capital inglesa Londres, com 25.927 eleitores, é a quarta cidade. De volta à Terra do Sol Nascente, Nagóia é a quinta zona eleitoral com mais brasileiros cadastrados: 24. 520.

Entre nossos vizinhos latino-americanos, Paraguai (7.526), Argentina (7.163) e Bolívia (3.053) somam 17. 742 brasileiros espalhados pelos três países.

Um dos países que mais receberam brasileiros nos últimos anos, Portugal é o país com maior número de eleitores da Europa: 39. 246. Na sequência aparecem Reino Unido (25.927), Itália (25.489) e Alemanha (25.273), Espanha (20.765), Suíça (19.674) e na França (11.048).

 Onde votar ?

Para quem pretende exercer seu papel como cidadão mesmo fora do país, as seções eleitorais localizam-se nas sedes das embaixadas ou em repartições do consulado brasileiro mundo afora.

Eleições na Síria 

Em informação concedida ao G1, a chefe do cartório do exterior, Juliana Bandeira, afirmou que, neste ano, 39 seções eleitorais não serão instaladas já que não alcançaram 30 eleitores – o número mínimo. Em regiões como Damasco, capital da Síria que, desde 2011, vive clima de tensão política causado pela guerra, não haverá votação na seção eleitoral. Apesar dos 195 eleitores inscritos no país, a “volatilidade das condições de segurança” oferece “potenciais riscos nos deslocamentos de eleitores brasileiros”.

Como justificar ?

Se você está inscrito na Zona Eleitoral do Exterior e por alguma razão não poderá comparecer às urnas, basta entregar a justificativa eleitoral nas missões diplomáticas ou repartições consulares do país em que estiver. Existe também a possibilidade de enviar a justificativa pelo Sistema Justifica.

Estou apto para votar ?

O eleitor que reside no exterior e não atualizou os dados não poderá votar ainda nestas eleições, já que o prazo era 9 de maio deste ano. Para o eleitor que mora fora do Brasil e quer regularizar a situação, o pré-atendimento do ‘Título Net Exterior’ será restabelecido em 5 de novembro deste ano. Como os inscritos no exterior votam apenas para presidente, esse eleitor poderá votar apenas a partir das eleições de 2022. Com informações do G1. 

Onde eu voto? Entenda as zonas eleitorais

Compartilhe: