ONG pede impeachment de Bolsonaro por interferência no caso Marielle

Para ONG, Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade ao ordenar que Moro tomasse medidas para defendê-lo

Por: Redação

O Instituto Anjos da Liberdade entregou nesta segunda-feira, 4, ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (PSL). A informação é do site Consultor Jurídico.

No pedido, a ONG alega que Bolsonaro cometeu crimes de responsabilidade ao pegar as gravações da portaria do condomínio onde mora, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, “antes que fossem adulteradas”.

Crédito: Alan Santos/PRPara ONG, Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade ao ordenar que Moro tomasse medidas para defendê-lo

A ONG alega ainda que o presidente Bolsonaro “praticou delitos contra a probidade na administração pública” ao ordenar que o ministro Sergio Moro (Justiça) tomasse medidas para protegê-lo nas investigações da morte da vereadora Marielle Granco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes.

A petição é assinada por Flávia Pinheiro Fróes, presidenta do Instituto Anjos da Liberdade. ~

Segundo o Consultor Jurídico,  se o pedido de impeachment for aceito por Rodrigo Maia será formada uma comissão na Câmara dos Deputados para emitir parecer sobre a possibilidade da denúncia ser julgada.

O parecer deve ser submetido a uma votação nominal. Caso a denúncia não seja considerada procedente, ela será arquivada.

Entenda o caso

Em conversa com jornalistas no último sábado, 4, o presidente Jair Bolsonaro disse que pegou as gravações das ligações feitas entre os moradores e a portaria do Condomínio Vivendas da Barra, onde mora no Rio, antes que fossem adulteradas.

“Nós pegamos, antes que fosse adulterada, ou tentasse adulterar, pegamos toda a memória da secretária eletrônica que é guardada há mais de ano. A voz não é a minha”, disse.

Bolsonaro cumprimenta eleitores
Crédito: Marcello Casal Jr./Agência Brasil Bolsonaro diz ter pego gravações da portaria para evitar adulteração

Na semana passada o “Jornal Nacional”, da TV Globo, revelou com exclusividade o depoimento do porteiro do condomínio do presidente à polícia. Em duas ocasiões, ele disse ter recebido autorização do “senhor Jair” para deixar entrar no residencial Élcio de Queiroz, um dos acusados de matar a vereadora Marielle e o motorista Anderson Gomes.

O porteiro ainda contou que depois de Élcio entrar, ele acompanhou a ida do carro pelas câmeras de segurança e viu que o veículo, na verdade, parou na casa de Ronnie Lessa, casa 66, e não na de Bolsonaro, casa 58. Segundo o Ministério Público e a Delegacia de Homicídios, Lessa é o autor dos disparos que matou a vereadora e o motorista.

1
Bolsonaro pode sofrer impeachment por crime de responsabilidade?
O presidente Jair Bolsonaro compartilhou no whatssapp um vídeo que relembra a facada que tomou durante sua campanha presidencial e …
2
A repercussão dos ataques machistas à jornalista Patrícia Campos Mello
No final da última semana, Hans River do Rio Nascimento foi chamado para prestar depoimento na CPMI das Fake News. …
3
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
4
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
5
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
6
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
7
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
8
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …