Sementes misteriosas da China contêm fungos, alertam EUA

O caso levou o Ministério da Agricultura a emitir um alerta para que a população não abra os pacotes ou plante as sementes

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Nos últimos dias passou de oito para 23 o número de estados com relatos de recebimento de pacotes com sementes misteriosas provenientes da China. Segundo o MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), 199 amostras já foram recolhidas para análises.

Parte dessas amostras, 147, foram enviadas ao Laboratório Federal de Defesa Agropecuária em Goiânia. Até esta segunda-feira, 5, os resultados das análises não haviam sido divulgados.

Sementes misteriosas da China possuem ácaro, bactérias e pragas

sementes misteriosas
Crédito: Reprodução/TV AnhangueraEUA dizem que pacotes com sementes misteriosas da China contêm fungos

O caso levou o Ministério da Agricultura a emitir na semana passada um alerta para que a população não abra os pacotes ou plante as sementes. A preocupação é que elas contaminem as lavouras brasileiras com pragas.

Em Itapetininga, interior de SP, uma moradora afirma que sua gata morreu após comer as folhas das sementes misteriosas que plantou em um vaso.

Os casos não estão restritos ao Brasil. De acordo com o programa “Fantástico”, moradores da Austrália, Nova Zelândia, Índia, Polônia, Alemanha, França Holanda, Reino Unido, Irlanda, Chile e Canadá também relatam ter recebido as “sementes”.

Nos Estados Unidos, onde as investigações estão mais avançadas. Osama El-Lissy, um dos diretores do Departamento de Agricultura americano (USDA, em inglês), conta que já foram identificados 300 tipos de sementes.

Segundo Osama, em sua maioria são plantas ornamentais, frutas, ervas daninhas, vegetais. Algumas estavam contaminadas com pragas, mas nada de muito preocupante.

O órgão americano acredita que as encomendas indesejadas estejam relacionadas a uma fraude conhecida como “brushing”.

O ” brushing” é uma estratégia para burlar o ranqueamento em sites de e-commerce, como Amazon, E-bay, Aliexpress, entre outros. Entenda aqui como funciona a fraude.

Compartilhe: