Pai é preso depois de deixar filho de 1 ano em coma alcoólico

Gleciano de Souza é acusado de dar cachaça com refrigerante ao bebê que foi encontrado desacordado

Por: Redação
Crédito: Istock/Pixel_awayCriança foi levada ao hospital em coma alcoólico

Gleciano de Souza Santos, de 26 anos, foi preso em flagrante, na madrugada deste domingo (17), após ser acusado de dar doses de cachaça misturada com refrigerante ao filho de um ano, no município de Mucuri, no sul da Bahia.

De acordo com os policiais militares do 2° Pelotão do 89ª Centro de Inteligência da Polícia Militar, o bebê foi encontrado em coma alcoólico na cama em sua casa.

Segundo o delegado Charlton Bertolini, que investiga o caso, a mãe do menino, que não teve a identidade revelada, afirmou que o pai deu ao bebê algumas doses de cachaça misturada com refrigerante.

Desacordada, a criança foi socorrida por policiais militares e levada para a Unidade Municipal Materno Infantil (Ummi) de Teixeira de Freitas, onde permanece internada, segundo o “G1”.

O pai do bebê foi levado para a sede da 8ª Coordenadoria Regional do Interior, em Teixeira de Freitas e autuado em flagrante por vender ou fornecer bebida alcoólica para crianças ou adolescentes.