Para fugir de pandemias, devemos parar de explorar animais, diz ONU

Novas e mais perigosas doenças estão à espreita

Um novo relatório da Organização das Nações Unidas aponta que os governos e lideranças mundiais estão reunindo forças para mitigar o impacto da covid-19 na economia e na saúde, mas estão ignorando completamente a causa da pandemia. A ONU acredita que se isso precisa ser feito o quanto antes, porque novas e mais perigosas doenças estão à espreita.

Cientistas alertam e advertem que o confinamento e a exploração de animais, além da destruição desenfreada da natureza, desencadeará ondas de transmissões de doenças do meio animal para os seres humanos. A poluição e o contínuo uso de produtos químicos no meio ambiente também promoverão  mutações e despertarão antigas doenças já erradicadas.

Descoberto na China mais um vírus que pode gerar pandemia no planeta

Pixabay

A diretora executiva do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), Inger Andersen, disse: “A ciência está clara: se continuarmos explorando a vida selvagem e destruindo nossos ecossistemas, podemos esperar ver um fluxo constante dessas doenças saltando de animais para seres humanos nos próximos anos”.

Confira o final desta história e outras notícias inspiradoras sobre animais na ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).

ANDA

Em parceria com ANDA

Agência de Notícias de Direitos Animais e maior portal de notícias sobre animais do mundo.

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário ANDA

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.