Publicidade

Informar

Pele descartada de cirurgias substitui uso de animais em testes

Por Conexão Planeta

...
Publicidade
As peles utilizadas são de pessoas que passaram por cirurgias plásticas

Estima-se que todos os anos mais de 115 milhões de animais sejam usados como cobaias em testes de laboratórios pelo mundo. Muitos passam por procedimentos cruéis.

Mas nos últimos anos, cada vez mais, utilizam-se métodos alternativos substitutivos (culturas de células e tecidos, métodos químicos e computacionais) para a realização de experimentos, muitos deles, considerados por especialistas mais seguros e confiáveis do que os testes feitos com bichos.

No Brasil, a empresa Kosmoscience, com sede em Campinas, em São Paulo, é uma das que tem investido em modos alternativos ao uso de animais.

Continue lendo a matéria aqui.

  • Veja também:

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Você sabe o que é feminicídio?

O restaurante de comida havaiana do ex-masterchef Ravi

Conheça o lavandário de Cunha

ASMR: O fenômeno do "orgasmo mental"

Publicidade