Pelo fim da guerra às drogas, Marcha da Maconha sai às ruas de SP

Coletivo realiza a sua oitava edição e promete reunir milhares de pessoas no dia 23 de maio, em ato que contará com aulas públicas, performances artísticas e shows

Por: Redação | Comunicar erro

Dados apresentados pelo Relatório Mundial sobre Drogas da Onu, de 2015, afirmam que nos dias atuais, aproximadamente, 5% da população mundial, entre 15 e 64 anos, é usuária de algum tipo de droga ilícita – correspondendo a 243 milhões de pessoas.

Estima-se ainda que 40% dos milhões de presos em todo o mundo encontram-se encarcerados por alguma infração associada ao tráfico de drogas. Outro estudo aponta que a guerra às drogas já custou ao mundo mais de um trilhão de dólares em uma campanha que apenas propiciou o nascimento de um mercado paralelo avaliado em US$ 300 bilhões.

Em meio à derrocada da guerra às drogas, que ganha respaldo em novas políticas adotadas por países como Estados Unidos, Uruguai, Chile, Portugal ou Espanha, a discussão sobre a legalização das drogas (sobretudo a maconha) volta a pautar o cenário político brasileiro com a Marcha da Maconha, que volta às ruas no dia 23 de maio, às 14h20, no MASP.

Com o eixo “Pela liberdade d@s noss@s pres@s, em memória aos noss@s mort@s — Legalize”, o coletivo marcha em nome da legalização da produção, distribuição e uso da planta no Brasil para seus mais variados fins – do uso medicinal ao recreativo.

Reprodução (Marcha da Maconha)
Programação no dia da marcha contará com aulas públicas, performances artísticas e shows ao final do evento

A Marcha da Maconha SP tem o objetivo de ocupar as ruas para fomentar uma mudança de mentalidade em relação à política de guerra às drogas. O lema de 2015 pretende chamar a atenção para os presos e mortos decorrentes dessa guerra. Com a terceira maior população carcerária do mundo, o Brasil coloca atrás das grades cerca de 200 mil pessoas (27% do total de presos) acusadas de terem ligação com o mercado das drogas, número que cresce ano após ano.

“Ao analisar o perfil d@s pres@s e mort@s ligad@s à economia das drogas no Brasil, fica claro que há algo de muito podre no reino tupiniquim. Nossos pres@s e mort@s tem cor, classe, idade e geografia. São jovens pretos e pobres moradores de periferia, que aos olhos do Estado representam ameaça à ordem imposta pela bala desde 1500”, afirmam os ativistas em texto convocatório para o evento.

Programação de 2015

A Marcha da Maconha contará com aulas públicas e performances artísticas durante a concentração e provável realização de show ao final do ato. Para a composição da manifestação, estão confirmados os blocos temáticos da liberdade, feminista, anticapitalista, da diversidade, psicodélico, entre outros.

Neste ano, um calendário de atividades acende o debate nas semanas anteriores ao ato, com confirmações de artistas como os rappers Sandrão do grupo RZO e Sombra.

Junto com o Bloco Kaya na Gandaia e Família Gangsters, eles se apresentam no Festival 4E20, uma das novidades desse ano. O evento acontecerá no dia 3 de maio a partir das 16h20 no Estúdio (av. Pedroso de Morais, 1036) e 60% da entrada será revertido para a organização da Marcha.

O calendário da Marcha da Maconha ainda conta com atividades em faculdades, cursinhos populares, saraus na periferia, entre outros.

 

Compartilhe:

1 / 8
1
07:26
STF e o limite da liberdade de expressão
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, anunciou em março a abertura de um inquérito para investigar casos …
2
01:03
Ex-presidente do Peru tenta suicídio após receber ordem de prisão
O ex-presidente do Peru Alan García morreu nesta quarta-feira,17, após atirar contra si mesmo em uma tentativa de suicídio em …
3
04:45
Famosos fazem desabafo sobre depressão
Recentemente, o humorista Whindersson Nunes publicou uma série de posts em sua rede social desabafando sobre um sentimento profundo de …
4
01:32
Quem disse que não dá para surfar na cidade?
A Surf House Brasil é o lugar perfeito para você quer aprender a surfar ou ficou com saudade de pegar …
5
01:45
Catedral de Notre Dame: 8 séculos de história queimam em Paris
Um incêndio de grandes proporções atingiu a Catedral de Notre Dame, em Paris. O local é um dos pontos turísticos …
6
02:29
Vídeo analisa a maior irresponsabilidade na vida de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro mandou desativar os radares de rodovias federais. Será que é uma boa ideia? A Folha de São …
7
05:43
Entenda a proposta de Bolsonaro para a educação domiciliar
O presidente Jair Bolsonaro assinou o projeto de lei que pretende regulamentar a educação domiciliar no país. Se aprovada pelo …
8
36s
Conheça o Norbert o cãozinho que faz todo mundo sorrir
Ele tem 17 cm e pesa 1,5 kg de pura fofura.