Petições contra aumento salarial de políticos têm 3 mi de apoios

Foi aprovado pelo Senado um reajuste de 16% nos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que podem vir a ganhar R$ 39,2 mil mensalmente

Por: Change.org (Oficial) | Comunicar erro

Na última quarta-feira, 7, foi aprovado pelo Senado um reajuste de 16% nos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que podem vir a ganhar R$ 39,2 mil mensalmente. A aprovação do aumento, que pode causar um impacto de R$ 4 bilhões nas contas públicas, agora depende da sanção do presidente Michel Temer.

Em resposta contrária à tal medida, que já estava em pauta a meses, três milhões de brasileiros estão se mobilizando e assinando petições online criadas na plataforma Change.org ao longo de 2018. São nove abaixo-assinados até agora.

O abaixo-assinado que conta com mais apoiadores foi criado pelo Partido Novo e em menos de 24 horas já bateu um milhão de assinaturas. De acordo com a legenda, o aumento de salário no STF “causa um efeito cascata e retroativo que o Brasil não suporta mais, com graves consequências posteriores para estados e municípios”.

Na noite de quarta, o Partido Novo organizou um “tuitaço” com a hashtag #AumentoNão, que chegou em terceiro lugar nos Trendig Topics do Twitter no mundo. Leia a petição: www.change.org/AumentoNao

Crédito: José Cruz/Agência BrasilSTF: aumento de salário pode causar um impacto de 4 bilhões de reais por ano nas contas públicas

Outro abaixo-assinado sobre o assunto foi criado em outubro pelo youtuber Caio Coppolla, em parceria com o deputado federal recém-eleito Vinicius Poit (NOVO-SP), e conta com quase 800 mil assinaturas.

Caio afirma, no texto da petição, ser “importante interromper a série histórica de aumentos que os parlamentares (deputados e senadores) concedem a si próprios e seus sucessores após as eleições”, já que o reajuste no STF pode vir acompanhado de um reajuste também no Poder Legislativo e para outras autoridades, como procuradores federais.

A deputada federal Tabata Amaral (PDT – SP) chegou a responder a petição, posicionando-se também contra o aumento e endossando o que está sendo pedido. “Eu não quero aumento no meu futuro salário – o que eu quero é um Brasil mais inclusivo, desenvolvido e ético”, declarou Tabata.

Leia mais em: www.change.org/AumentoDeSalario

Crédito: José Cruz/Agência BrasilMinistros do STF participam de julgamento (José Cruz/Agência Brasil)

Outras petições foram criadas por pessoas comuns, e ainda assim reuniram centenas de milhares de assinaturas. Um exemplo é o abaixo-assinado iniciado pelo pianista Ricardo Pimentel, morador de Brasília (DF). Ele pede que o aumento salarial dos ministros do STF seja barrado pelo Congresso Nacional ou pelo presidente Michel Temer. Até agora, Pimentel conseguiu reunir 450 mil assinaturas.

O professor de medicina veterinária Roberto Foz Filho, que dá aulas na Universidade Anhembi Morumbi, também mobilizou meio milhão de pessoas em um abaixo-assinado contra os privilégios no Executivo, Judiciário e Legislativo – inclusive contra o reajuste salarial.

Os nove abaixo-assinados criados na Change.org contra o reajuste de salários em todos os três Poderes começaram a ganhar força a partir de agosto deste ano.

Compartilhe:

1 / 8
1
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
2
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
3
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
4
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
5
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
6
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …
7
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …
8
07:44
Saiba tudo sobre os métodos anticoncepcionais
Prevenção é essencial quando o assunto é relação sexual. Hoje, há outros modos de prevenção que vão além da pílula e …