Últimas notícias:

Loading...

Piauí vai cortar salário de servidor que não se vacinar

Segundo o governo, cerca de 240 mil piauienses estão com a vacinação atrasada

Por: Redação

O governo do Piauí decidiu cortar o salário do servidor estadual que não apresentar o comprovante de vacinação contra a covid-19.

O decreto, assinado pelo governador Wellington Dias (PT), foi publicado na terça-feira, 7, no Diário Oficial do Estado.

aplicativo conecte sus
Crédito: Marcelo Camargo/Agência BrasilO aplicativo ConecteSus é gratuito e contém as informações sobre a vacina da covid

De acordo com a medida, todos os servidores e empregados públicos deverão comprovar no mínimo duas doses ou dose única de vacina contra o novo coronavírus.

“O servidor perderá a remuneração dos dias em que faltar ao serviço por não apresentar o passaporte de vacinação […] sob pena de cometer violação grave a dever funcional”, diz trecho do decreto.

Segundo o governo do Piauí, cerca de 240 mil piauienses estão com a vacinação atrasada. O objetivo do decreto é estimular a vacinação. Somando todas as etapas da vacinação o estado já aplicou 4.839.649 doses de vacinas contra covid-19

Outra medida que deve entrar em vigor ainda esta semana será a exigência do ‘passaporte da vacina’ para acesso aos estabelecimentos públicos no estado.

O passaporte de vacinação deve ser apresentado por todos que tiverem idade a partir de 18 anos.

Compartilhe: