Últimas notícias:

Loading...

Piqué se emociona ao comentar sobre plebiscito da Catalunha

Por: Redação

Após seu time vencer o Las Palmas neste domingo (1º), Gerard Piqué se emocionou ao comentar sobre o referendo da Catalunha.

A Espanha considera o plebiscito “ilegal”, e mobilizou tropas de policiais para impedir a votação na região dos separatistas. O confronto violento com os civis resultou em centenas de feridos.

Piqué se emociona ao falar sobre o plebiscito na Catalunha, que tem sofrido uma violenta repressão por parte da polícia espanhola

Em uma declaração a jornalistas, o zagueiro do Barcelona – que nasceu na cidade do seu time –, defendeu o direito ao voto. “A mensagem que envio [para toda a Espanha] é que quando se vota, pode votar pelo sim, pelo não ou em branco… Mas se vota”. E observou: “Neste país, durante muitos anos, se viveu o franquismo, no qual não se podia votar. Creio que esse é um direito que temos que defender”.

Ao dizer isso, o jogador de futebol ficou visivelmente bem emocionado. “Sou e me sinto catalão. E hoje, mais do que nunca, me sinto orgulhoso dos catalães pela forma maravilhosa como têm se comportado durante estes últimos sete anos”. Ele interrompeu o discurso por alguns momentos, e retomou: “Não havia ocorrido nenhum ato de agressão, e teve que vir a polícia nacional e a guarda civil para atuar da forma que têm atuado”.

View this post on Instagram

??? #ForçaBarça #BarçaEspanyol

A post shared by Gerard Piqué (@3gerardpique) on

A possível separação da Catalunha da Espanha pode significar mudanças no Campeonato Espanhol, ou mesmo do futuro de jogadores catalães na seleção do país europeu. Piqué também tocou no assunto: “Se o treinador (Julian Lopetegui) e a Federação Espanhola acharem que sou um problema, não tenho nenhum problema em dar um passo ao lado e deixar a seleção antes de 2018 [ano da Copa do Mundo]”.

Veja a entrevista abaixo (em espanhol):

https://twitter.com/VidaBlaugrana2/status/914544623485366272

Na manhã deste domingo, Piqué havia compartilhado uma foto sua votando no plebscito da Catalunha. Ele escreveu a legenda em catalão: “Eu votei. Juntos somos inseparáveis defendendo a democracia”.

Compartilhe: