CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

PMs salvam recém-nascida deixada em bueiro de SP

Bebê, com 20 dias de vida, foi levado ao Pronto-Socorro Infantil do Hospital Vila Nova Cachoeirinha

Por: Redação

Na noite de sábado, 29, policiais militares salvaram uma recém-nascida que foi deixada dentro de um bueiro, no bairro do Limão, zona norte de São Paulo.

Por meio do número 190, uma mulher relatou ter ouvido choro vindo de dentro de um bueiro. Os policiais foram averiguar uma denúncia e encontraram o bebê.

View this post on Instagram

SUA DENÚNCIA SALVA: AO OUVIREM O CHORO, POLICIAIS MILITARES ABRIRAM A TAMPA DO BUEIRO E ENCONTRARAM UM BEBÊ DE 20 DIAS ABANDONADO EM MEIO À SUJEIRA Na noite do último sábado (29), equipes da 2ª Companhia do 9º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (Cabos Izidoro e Rafael; Soldados Vernini e Alessandro) foram acionadas pelo Centro de Operações da Polícia Militar – COPOM para averiguação de uma denúncia, em que a solicitante relatava ter ouvido choro vindo de dentro de um bueiro. Rapidamente os policiais militares se deslocaram até o local. Ao removerem a tampa do bueiro, avistaram uma criança recém-nascida. Resgataram a criança de dentro do bueiro, analisaram os sinais vitais e se deslocaram até o Pronto-Socorro Infantil do Hospital Vila Nova Cachoeirinha. A criança foi atendida pelos profissionais, que relataram se tratar de uma menina com aproximadamente 20 dias de vida. Com a certeza de estar tudo bem com a criança, felizes por tê-la salvado, os policiais militares então encaminharam a ocorrência ao 13° Distrito Policial. #POLICIAMILITARSP #AFORÇAPÚBLICADESÃOPAULO COMUNICAÇÃO SOCIAL PMESP

A post shared by Polícia Militar Estado SP (@policiamilitarsp_oficial) on

Após o resgate, a bebê foi levada ao Pronto-socorro Infantil do Hospital Vila Nova Cachoeirinha. Ela passa bem e não corre risco de morrer.

Crédito: Reprodução/InstagramMenina tem aproximadamente 20 dias de vida

Os profissionais que atenderam o caso estimaram que se trata de uma menina com aproximadamente 20 dias de vida.

Conselho Tutelar

O Conselho Tutelar é responsável pelo atendimento de crianças e adolescentes ameaçados ou violados em seus direitos. Pode aplicar medidas com força de lei. A denúncia pode ser feita por telefone ou pessoalmente, na sede do conselho. Encontre o telefone do Conselho Tutelar mais próximo digitando “Conselho Tutelar + o nome do seu município” no Google.

Ministério Público

Responsável pela fiscalização do cumprimento da lei. Os promotores de justiça têm sido fortes aliados do movimento social de defesa dos direitos da criança e do adolescente. Todo Estado conta com um Centro de Apoio Operacional (CAO), que pode e deve ser acessado na defesa e garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes. No site da Childhood Brasil você encontra o contato do MP de todos os estados brasileiros.

Saiba como denunciar abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes

Disque 100: o serviço do Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes é coordenado e executado pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República.

Por meio do 100, o usuário pode denunciar violências contra crianças e adolescentes, colher informações acerca do paradeiro de crianças e adolescentes desaparecidos, tráfico de pessoas – independentemente da idade da vítima – e obter informações sobre os Conselhos Tutelares.

O serviço funciona diariamente de 8h às 22h, inclusive nos finais de semana e feriados. As denúncias recebidas são analisadas e encaminhadas aos órgãos de defesa e responsabilização, conforme a competência, num prazo de 24h. A identidade do denunciante é mantida em absoluto sigilo. (As informações são da UNICEF).

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.