Por mais mulheres motoristas, prefeitura reduzirá taxas do Uber

Projeto idealizado pela gestão Haddad tem como objetivo possibilitar maior presença de mulheres condutoras, veículos adaptados para pessoas com deficiência e viagens compartilhadas

Desde que passaram a percorrer as ruas de São Paulo, Uber e outros meios de transporte alternativos, como Cabfy, ou 99 Taxi, proporcionaram novas opções de mobilidade urbana na maior cidade da América Latina.

E a tendência, segundo notícia do jornal Folha de S. Paulo desta quinta-feira, 29, é apostar ainda mais na diversidade. Isso porque a prefeitura paulistana, que em janeiro será assumida por João Dória (PSDB), adotará uma política de descontos às empresas que conectam motoristas particulares e passageiros, promovendo  maior presença de mulheres condutoras, veículos adaptados para pessoas com deficiência e viagens compartilhadas.

O projeto, concebido pela gestão de Fernando Haddad (PT), foi avaliado pelo Comitê Municipal de Uso do Viário, que responde pela regulamentação do transporte na capital paulista.

Reprodução
Empresa anunciou programa global que visa criar, até 2020, um milhão de vagas de motoristas para mulheres em seus serviços

Fluidez no trânsito e menos poluição

Ao apostar em opções de transportes compartilhados, a prefeitura busca diminuir o número de veículos nas ruas, possibilitando, assim, melhor fluidez no trânsito e, consequentemente, menor poluição.

Mobilidade em cifras 

Desde que começaram as primeiras vendas de créditos para empresas, em junho deste ano, a prefeitura arrecadou R$ 23, 7 milhões.b

A gestão Haddad estima que a arrecadação anual com essas operações pode chegar à casa de R$ 70 milhões. Esses recursos terão de ser destinados à infraestrutura de transporte público da cidade.

Atualmente, esse mercado é fortemente dominado pelo Uber: estima-se que 9 em cada 10 viagens na cidade sejam feitas pela empresa, que enfrenta a concorrência da espanhola Cabify e das nacionais 99 e Easytaxi. Confira a matéria completa no site da Folha de S. Paulo. 

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …