Em primeiro discurso após derrota, Bolsonaro reprime bloqueio de rodovias e sai correndo

Quase 48h após o resultado das eleições, o presidente fez seu primeiro pronunciamento reconhecendo a derrota para Lula

O presidente Jair Bolsonaro (PL) chamou uma coletiva de imprensa, nesta terça-feira, 1º, para fazer seu primeiro pronunciamento após terem passado quase 48h do resultado das eleições, em que ele foi derrotado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e criticou os bloqueios das rodovias.

Em primeiro discurso após derrota, Bolsonaro reprime bloqueio de rodovias e sai correndo
Créditos: Reprodução
Em primeiro discurso após derrota, Bolsonaro reprime bloqueio de rodovias e sai correndo

O presidente agradeceu os 58 milhões de votos que obteve e disse que “os nossos métodos nao podem ser o da esquerda, como invasão de propriedade e cercear o direito de ir e vir’, afirmou Bolsonaro. Ele validou manifestações pacificas que não inibam as pessoas de se locomover.

“Nossa expressiva representação no Congresso mostra a força dos nossos valores: Deus, Pátria, Família e Liberdade”, disse o presidente

“Nossos sonhos seguem mais vivos do que nunca. Mesmo enfrentando todo o sistema, enfrentamos uma pandemia e uma guerra” afirmou.

“Sempre joguei dentro das 4 linhas da Constituição. Continuarei cumprindo os mandamentos da nossa Constituição”.

Em seguida, o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira reconheceu Lula como presidente e falou que acontecerá a transição de governo.