Roberto Alvim pede perdão por discurso de nazista após demissão

Ex-Secretário Especial da Cultura disse que não sabia a origem do texto que replicou

Por: Redação

Roberto Alvim, ex-Secretário Especial da Cultura, pediu desculpas à comunidade judaica por ter copiado um discurso do ministro de propaganda da Alemanha nazista, Joseph Goebbels  em um vídeo oficial do órgão, após ser demitido por Jair Bolsonaro.

Roberto Alvim
Crédito: Clara Angeleas/Divulgação/Secretaria Especial da CulturaRoberto Alvim foi demitido do governo Bolsonaro nesta sexta-feira, 17

Alvim divulgou comunicado oficial em seu perfil no Facebook dizendo que não sabia a origem do texto que replicou no pronunciamento de lançamento do Prêmio Nacional das Artes.

“Se eu soubesse da origem da frase, jamais a teria dito. Tenho profundo repúdio a qualquer regime totalitário, e declaro minha absoluta repugnância ao regime nazista. Meu posicionamento cristão jamais teria qualquer relação com assassinos… Peço perdão à comunidade judaica, pela qual tenho profundo respeito. Do fundo do coração: perdão pelo meu erro involuntário”, escreveu.

Antes de ser exonerado, o ex-secretário usou as redes sociais para comentar a repercussão do seu discurso. Na primeira mensagem, em tom agressivo, ele culpou a esquerda pela comparação

“[…] O que a esquerda está fazendo é uma falácia de associação remota:
com uma coincidência retórica em UMA frase sobre nacionalismo em arte, estão tentando desacreditar todo o PRÊMIO NACIONAL DAS ARTES, que vai redefinir a Cultura brasileira… É típico dessa corja. Repito: foi apenas uma frase do meu discurso na qual havia uma coincidência retórica. Eu não citei ninguém […] Não há nada de errado com a frase. Todo o discurso foi baseado num ideal nacionalista para a Arte brasileira, e houve uma coincidência com UMA frase de um discurso de Goebbles… Não o citei e JAMAIS o faria. Foi, como eu disse, uma coincidência retórica. Mas a frase em si é perfeita: heroísmo e aspirações do povo é o que queremos ver na Arte nacional”.

Caros:ontem lançamos o maior projeto cultural do governo federal.Mas no meu pronunciamento, havia uma frase parecida…

Posted by Roberto Alvim on Friday, January 17, 2020


Imagem Carnaval Sem Assedio
1
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
2
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
3
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
4
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
5
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
6
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
7
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …
8
Qual o impacto do feminismo na periferia ? Luana Hansen dá a letra
Dj, MC e produtora musical, Luana Hansen fez e faz história no movimento hip hop há, pelo menos, duas décadas. …