Últimas notícias:

Loading...

Rodrigo Maia diz que Bolsonaro ‘brinca com a morte e cria universo paralelo’

Neste domingo, o Ministério da Saúde divulgou dois boletins com números divergentes de mortes

Por: Redação

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), chamou de “perverso” a manipulação de dados feita pelo governo Bolsonaro sobre o novo coronavírus.  A crítica ocorreu após o Ministério da Saúde apresentar dois boletins na noite de ontem com números divergentes de óbitos causados pela covid-19.

Crédito: Agência BrasilNeste domingo, o Ministério da Saúde divulgou dois boletins com números divergentes de mortes

“Brincar com a morte é perverso. Ao alterar os números, o Ministério da Saúde tapa o sol com a peneira. É urgente resgatar a credibilidade das estatísticas. Um ministério que tortura números cria um mundo paralelo para não enfrentar a realidade dos fatos”, escreveu o presidente de Câmara no Twitter.

“A comissão externa da Câmara que trata da covid-19 vai se debruçar sobre as estatísticas. É urgente que o Ministério da Saúde divulgue os números com seriedade, respeitando os brasileiros e em horário adequado. Não se brinca com mortes e doentes”, acrescentou.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Na noite de ontem, o Ministério da Saúde divulgou dados diferentes sobre o número de mortos e infectados pelo coronavírus. No boletim enviado à imprensa, por volta das 21h, o governo informava que, de sábado para domingo, foram computados 1.382 mortes, elevando o total de óbitos para 37.312.  No entanto, o painel oficial do ministério informava somente 525 mortes.

De acordo com painel da universidade americana Jonh Hopkins, o Brasil é o segundo país do mundo em número de casos confirmados da doença (691.758) e o terceiro em mortes (37.312) provocadas pela doença.

Desde a última sexta-feira, o Ministério da Saúde mudou a forma de divulgação dos indicadores do coronavírus, deixando de apresentar alguns dados consolidados, omo os números totais de casos, óbitos e pacientes em acompanhamento.

Compartilhe: