Roger Waters exibe #EleNão em show em SP e é vaiado e aplaudido

Fundador do Pink Floyd fez discurso contra o fascismo e citou eleições no Brasil

Por: Redação | Comunicar erro
roger waters são paulo fascismo
Crédito: Reprodução/TwitterTelão em show de Roger Waters em São Paulo apontou fascismo

Roger Waters, fundador do Pink Floyd, fez um show de sua turnê “Us + Them” pela América Latina marcado por protestos contra a candidatura de Jair Bolsonaro à presidência do Brasil, na noite da última terça-feira, 9, em São Paulo (SP).

Na primeira metade do show, que durou quase três horas, logo após a apresentação de “Another Brick in The Wall” – famosa pela crítica ao autoritarismo em sala de aula – parte do público entoou um grito de “Ele não! Ele não!”, contra o candidato do PSL. Entretanto, os apoiadores do militar devolveram com “Mito! Mito!”.

Depois do episódio, a produção do músico inglês passou no telão mensagens contra a tortura e a favor dos direitos humanos. E, por fim, exibiu uma lista de ascensão do neofascismo em países como os EUA, que está sendo representado por Donald Trump; Russia, com Vladimir Putin; ou Hungria, com o premiê Viktor Orbán. O Brasil entrou como último do ranking com o nome de Bolsonaro estampado.

#elenão roger waters
Crédito: Reprodução/Twitter#EleNão em show de Roger Waters

Mais uma vez vaias e aplausos dividiram o público até a retomada do show. Ao final da música “Eclipse”, raios laser formaram sobre a plateia o prisma da capa do álbum do artista “The Dark Side of the Moon”, além de surgir no palco a hashtag #EleNão.

Neste momento, Waters foi vaiado e a plateia iniciou gritos de “Vai pra Cuba!” ou “Lixo!”.

“Vocês têm uma eleição chegando. Eu sei que não é da minha conta, mas eu preciso dizer que sou contra o fascismo”, afirmou ele.

Roger Waters ficará no Brasil até depois do segundo turno das eleições, dia 28 de outubro. Ele ainda se apresentará em um show extra em São Paulo nesta quarta, 10; Brasília (13/10); Salvador (17/10); Belo Horizonte (21/10), Rio de Janeiro (24/10); Curitiba (27/10); e Porto Alegre (30/10).

1 / 8
1
01:33
Milícias digitais perseguem MBL após críticas a Bolsonaro
O MBL (Movimento Brasil Livre) deixou de ser aliado para se tornar o novo alvo das milícias digitais pró-Bolsonaro. O …
2
03:41
Manifestação releva descompasso entre o Bolsonaro e a direita
A manifestação marcada para o próximo domingo, dia 26, aparentemente, gerou um desequilíbrio entre os grupos de direita apoiadores do …
3
01:29
Barragem da Vale em Barão de Cocais pode romper a qualquer hora
A barragem da mina do Gongo Soco, localizada em Barão de Cocais, em Minas Gerais pode romper a qualquer momento. …
4
03:36
A mentira do “Sistema” que dificultaria o governo de Bolsonaro
Em uma mensagem divulgada pelo Whatapps na última semana, Bolsonaro disse que o Brasil é "ingovernável" sem "conchavos" e destacou …
5
02:18
Entenda a balbúrdia de Bolsonaro com as manifestações de rua
Um manifestação em apoio ao governo de Jair Bolsonaro e de sua agenda de reformas está marcada para o próximo …
6
04:17
Estadão, Folha e O Globo apontam possível queda de Bolsonaro
Os jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo e O Globo - de maior circulação no país - …
7
04:56
Maconha e nudez usadas no WhatsApp contra universidades
Entenda como o pensamento de Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, impactou e instaurou uma crise generalizada em uma …
8
03:22
Teoria da conspiração associa facada em Bolsonaro ao filho Carlos
Teorias conspiratórias são, por definição, baseadas na irrealidade. Em alguns casos, em loucura. Mas uma em especial tem ganhado destaque …