Últimas notícias:

Loading...

Rússia nega asilo a acusado de atentado contra Porta dos Fundos

Eduardo Fauzi é réu no Brasil por terrorismo e incêndio

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O governo da Rússia negou pedido de asilo político ao brasileiro Eduardo Fauzi Richard Cerquise, suspeito de integrar o grupo que atacou a sede do Porta dos Fundos, na zona sul do Rio, no fim de 2019.

O empresário está preso desde 4 de setembro do ano passado na cidade de Ecaterimburgo aguardando a extradição para o Brasil. Com informações do site Sputnik Brasil.

Porta dos Fundos
Crédito: ReproduçãoRússia nega asilo a Eduardo Fauzi, acusado de atentado contra Porta dos Fundos

Em setembro do ano passado, Fauzi virou réu pelo crime de tentativa de homicídio contra o segurança da sede do Porta dos Fundos. O Ministério Público do Rio de Janeiro entendeu que ele teria assumido o risco de matar o segurança do edifício no momento do ataque.

De acordo com a denúncia assinada pelo procurador Fernando Aguiar, “a motivação religiosa do ato terrorista está estampada na petição apresentada pelo advogado do próprio denunciado, onde está expressamente registrada a insatisfação deste último com a veiculação, através da plataforma de vídeos Netflix, da encenação intitulada ‘A Primeira Tentação de Cristo’, produzida pela Porta dos Fundos, onde, segundo ele, teria ocorrido o ‘escárnio'” de importantes personagens do catolicismo”.

O atentado à sede do Porta dos Fundos aconteceu em 24 de dezembro de 2019 e teria sido motivado pelo especial de Natal do grupo humorístico lançado dias antes na Netflix.

A produção sugeria que Jesus Cristo seria homossexual, o que revoltou líderes religiosos e conservadores.

Compartilhe:

Tags: #Crime