Últimas notícias:

Loading...

Sargento é condenado por ofender médico que se recusou a prescrever ‘kit covid’

O policial usou as redes sociais para ofender a honra do profissional

Por: Redação

O sargento da reserva da Polícia Militar Osair Maciel da Silva Faustino foi condenado a se retratar após ofender um médico que se recusou a prescrever o “kit covid” para tratar o PM da infecção pelo novo coronavírus.

Crédito: AlexSava/istockPM é condenado por ofender médico que não receitou cloroquina

Faustino exigiu o uso do medicamento sem comprovação científica em casos de combate à covid-19 por duas vezes, sem sucesso. Então, ele reclamou a enfermeiras plantonistas e conseguiu a receita com outro médico.

O caso ocorreu em um hospital particular no Gama, no Distrito Federal. O PM, segundo recomendação médica, não tinha necessidade de internação.

A juíza entendeu que o réu ofendeu a honra, a reputação e a imagem do profissional de saúde –que possui mestrado e doutorado– ao chama-lo de “incompetente, incapaz, estúpido, ignorante e de o responsabilizar pela morte de muitas pessoas.”

A decisão foi da 3ª Vara Cível de Brasília e o policial aposentado terá até 15 dias para realizar a retratação.

Compartilhe: