Se Bolsonaro vencer, quem governará o país em janeiro será Mourão

O presidenciável precisará passar por nova cirurgia entre o final deste ano e o início do próximo, segundo informou o médico do Albert Einstein

Por: Redação | Comunicar erro
Jair Bolsonaro e o general Mourão
Crédito: Reprodução/FacebookJair Bolsonaro e o general Mourão

Caso Jair Bolsonaro vença o pleito presidencial, quem deverá assumir o país em 1º de janeiro de 2019 deverá ser seu vice, general Hamilton Mourão, isso porque o candidato do PSL precisará passar por nova cirurgia logo após a eventual posse, segundo informou o médico  Antônio Luiz Macedo, do Hospital Israelita Albert Einstein, que atendeu o ex-deputado, quando o mesmo ficou internado em São Paulo.

De acordo com informações do jornal “O Estado de S. Paulo”, o especialista afirmou que a operação para fechamento da colostomia (exteriorização do intestino para saída das fezes) só poderá ser feita após o dia 12 de dezembro, mas que, como o procedimento requer duas semanas de recuperação, se o paciente se submetesse à operação ainda neste ano não haveria garantias que ele estaria completamente recuperado para uma eventual posse.

“Eu me sentiria mais seguro se a gente fechasse (a colostomia) após a (eventual) posse, em janeiro. Mas se ele quiser fazer antes, não vejo grandes dificuldades. Ele é muito ativo, quase impulsivo, tem muita disposição para fazer as coisas, é capaz de ele querer tirar antes. Acho que se os exames estiverem bons no dia 18 de outubro, esperando terminar o pleito eleitoral, ele decide se fecha no meio de dezembro ou em janeiro”, disse Macedo.

Ainda de acordo com o profissional, não deverá acontecer grandes complicações na cirurgia, que é menos complexa em relação às anteriores às quais Bolsonaro já se submeteu.

1 / 8
1
02:20
Novas regras para o uso de patinetes elétricas em SP
A prefeitura de São Paulo definiu novas regras para o uso de patinetes elétricas compartilhadas na cidade. Entre as  determinações …
2
08:30
Intercept: os principais pontos do depoimento de Moro no Senado
O ministro da Justiça, Sergio Moro, prestou esclarecimentos em audiência na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça do Senado) sobre …
3
04:04
E se Carlos Bolsonaro fosse gay?
O ex-deputado Jean Wyllys fez uma série de posts em sua rede social apontando que Carlos Bolsonaro, o filho 02 …
4
03:02
Empresas usaram disparos no WhatsApp durante eleição de Bolsonaro
Uma reportagem publicada pela Folha de S. Paulo mostra que empresas brasileiras contrataram uma agência de marketing na Espanha para …
5
01:49
Senado diz não e derruba o decreto de armas de Bolsonaro
O Senado votou na terça-feira, 18, o parecer que pede pela suspensão dos decretos que flexibilizam o porte e a …
6
03:54
Bancada do PSL passa vergonha ao convocar e desconvocar Glen Greenwald
O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) apresentou na quarta-feira, dia 12, um requerimento na Comissão de Segurança Pública da Câmara …
7
03:48
O melhor jornal do mundo faz a pior reportagem para Bolsonaro
Essa é a pior reportagem já publicada num jornal estrangeiro contra Jair Bolsonaro. Por dois motivos: saiu no mais importante …
8
03:47
A estranha conexão entre o caso Najila Trindade e Sérgio Moro
O jornalista Gilberto Dimenstein publicou em sua coluna no site Catraca Livre um texto em que conecta dois casos de …