Secretário de Cultura deixa cargo para assumir posto no MEC

Economista Ricardo Braga vai ocupar área responsável pelo credenciamento de universidades privadas

Por: Redação

Dois meses após assumir o cargo de secretário especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Ricardo Braga, vai deixar o cargo para comandar a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) do Ministério da Educação (MEC). A área é responsável pelo credenciamento de universidades privadas.

Economista, Ricardo Braga, 50 anos, vai ocupar o lugar de Ataíde Alves, demitido no mês passado pelo ministro Abraham Weintraub por pressão de dirigentes e donos de faculdades particulares.

Crédito: DivulgaçãoEconomista Ricardo Braga vai ocupar área é responsável pelo credenciamento de universidades privadas

A mudança foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira, 6.

Henrique Pires, antecessor de Ricardo Braga, deixou o posto em agosto, depois que o ministro Osmar Terra (Cidadania) suspendeu um edital com séries sobre temas LGBT.

Ao deixar o cargo, Henrique Pires classificou a medida como censura. “Eu tenho o maior respeito pelo presidente da República, tenho o maior respeito pelo ministro, mas eu não vou chancelar a censura”, afirmou Henrique Pires quando decidiu deixar o cargo.

Compartilhe: