Senador ameaça prender Carlos Bolsonaro por Fake News

Senador Angelo Coronel disse ainda que fez uma consulta para ver a possibilidade de convocar Jair Bolsonaro para depor

Por: Redação

Dificilmente essa ameaça vai se concretizar.

Mas revela o clima político no Congresso –e, especialmente, na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito destinada a investigar Fake News nas eleições.

O presidente da CPMI das Fake News, senador Angelo Coronel (PSD), ameaçou prender Carlos Bolsonaro, que comandava as redes sociais do pai.

Como comandante da CPMI, ele tem poder de voz de prisão se entender que o depoente está mentindo.

Durante o programa “Coletiva”, da TV Câmara de Salvador, Angelo Coronel disse que Carlos Bolsonaro será convocado e não poderá mentir sobre as acusações de disseminar mentiras contra adversários.

“Farei uma pergunta muito simples: você usou fake news para depreciar adversários? Se você mentir, eu posso lhe dar voz de prisão”, falou Coronel .

 

Na semana passada, Carlos protestou contra aprovação no Congresso de pena de prisão para quem deliberadamente produz Fake News contra adversários, mesmo sabendo de sua inocência.