CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

TV francesa flagra Macron criticando Bolsonaro a Piñera e Merkel

"Isso não é atitude de um presidente", disse o francês nos bastidores do encontro do G7

Por: Redação
Macron critica Bolsonaro
Crédito: Reprodução / CNewsA cena foi registrada pelo programa do canal de televisão francês CNews

Um programa do canal de televisão francês CNews sobre os bastidores do encontro do G7, que ocorreu em agosto, em Biarritz, na França, flagrou uma conversa entre os presidentes da França, Emmanuel Macron, do Chile, Sebastián Piñera, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, sobre o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

No vídeo, Macron falava com Piñera sobre a chancela do presidente Bolsonaro a uma ofensa contra sua esposa, Brigitte Macron. O chileno foi quem iniciou o assunto, classificando como “incrível” o pronunciamento do francês na coletiva de imprensa, no qual ele declarou que era triste, principalmente para as mulheres brasileiras, que um presidente se portasse daquela maneira.

“Claro, eu tinha que reagir, você entende?”, respondeu Macron a Piñera, que disse concordar com ele. “Eu queria ser pacífico, queria ser correto, construtivo com o ‘cara’ e respeitar sua soberania. Mas eu não poderia aceitar isso”, continuou o presidente da França. Em seguida, Merkel se aproximou da roda e também condenou os comentários de Bolsonaro.

“Você sabe o que ele fez quando o meu ministro do Exterior foi ao país dele?”, continuou Macron, ainda se direcionando a Piñera. “Ele deveria recebê-lo e cancelou no último minuto para cortar o cabelo. E filmou a si mesmo. Desculpa, mas isso não é atitude de um presidente.”

O francês se referia a uma situação ocorrida em julho, quando seu ministro das Relações Exteriores, Jean-Yves Le Drian, esteve no Brasil e teve seu encontro cancelado com Bolsonaro porque o presidente brasileiro precisava cortar o cabelo.

“Ele deveria recebê-lo e cancelou no último minuto para cortar o cabelo. E filmou a si mesmo. Desculpa, mas isso não é atitude de um presidente”, afirmou.

O vídeo foi compartilhado nesta segunda-feira, 9, pelo blog do jornalista Jamil Chade no portal UOL. Assista:

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.