Últimas notícias:

Loading...

Vale deu remédio vencido a animais e esquece índios de Brumadinho

Coordenadora do Ibama fez denuncia em audiência na comissão externa da Câmara de Deputados para apurar rompimento de barragem

Por: Redação
Crédito: Reprodução / TV GloboIbama denuncia Vale por ter negligenciado atendimento a comunidade indígena e dar remédios vencidos a animais resgatados em Brumadinho

A coordenadora de Emergências Ambientais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Fernanda Pirillo, denunciou na quinta-feira, 14, a Vale por ter negligenciado o atendimento a comunidade indígena e dado remédio vencido aos animais resgatados após o rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), em 25 de janeiro deste ano.

Durante audiência na comissão externa da Câmara de Deputados para apurar o rompimento da barragem, Pirillo declarou: “Temos feito vistorias diversas nas áreas que a Vale está implementando para o recebimento de animais e temos verificado os medicamentos. Por incrível que pareça, nos primeiros dias, a Vale tinha providenciado medicamentos vencidos”, como aponta matéria do Correio Brasiliense.

Fernanda também relatou que quando o Ibama chegou ao local, os índios de uma aldeia pataxó, que vivem na região de Brumadinho, estavam desassistidos pela mineradora. A entidade exigiu providências da empresa e está acompanhando a situação.

Ela informou que o instituto: “solicitou a retirada dos peixes mortos que estavam na aldeia, com nove mulheres grávidas e um bebê recém-nascido. Os índios estavam tirando os peixes mortos com a mão. Pirillo completou lembrando que o Ibama segue fazendo vistoras diárias na região. Leia a matéria completa.