Últimas notícias:

Loading...

Veja as 10 causas que mais mobilizaram os brasileiros em 2020

Caso Mari Ferrer foi recorde nacional de engajamento; justiça por Miguel, combate à covid-19 e queimadas no Pantanal também aparecem no topo do ranking

Ouça este conteúdo
Crédito: ReproduçãoEm 2020, brasileiros criaram quase 25 mil abaixo-assinado na plataforma Change.org

A Change.org, maior plataforma de abaixo-assinados online do país e do mundo, divulga um ranking com as 10 mobilizações que mais engajaram os brasileiros e as brasileiras em 2020. O levantamento é liderado pelo abaixo-assinado “Justiça por Mariana Ferrer”, que reuniu 4,3 milhões de apoiadores. Pela primeira vez, uma causa ligada a “direitos da mulher” figurou entre as maiores da plataforma, que está ativa há mais de oito anos no Brasil.

No ano marcado por movimentos contra o racismo e pela luta contra a pandemia do novo coronavírus, os temas da justiça racial e de saúde também apareceram no top 10 das mobilizações. “Justiça por Miguel”, caso que se tornou símbolo do racismo sistêmico no Brasil, uniu 2,8 milhões de pessoas, sendo o segundo com mais engajamento. Na sequência, aparece a campanha que pedia o repasse dos fundos eleitoral e partidário para o combate à covid-19.

As 10 maiores campanhas do ano acumularam juntas 14 milhões de apoiadores. Segundo a diretora-executiva da plataforma no Brasil, Monica Souza, esses números mostram como as petições online se consolidaram, durante o período de pandemia, como um importante recurso para que os cidadãos continuassem se mobilizando em torno de suas causas e lutas.

“Logo no início da pandemia, vimos milhares de pessoas começarem aquela que se tornou a 10ª maior mobilização de 2020 na Change.org: a campanha criada pelo Padre Julio Lancellotti, que pedia álcool gel e centro de acolhida a pessoas em situação de rua, em São Paulo”, conta Monica. O abaixo-assinado terminou o ano com mais de 476 mil apoiadores.

Em 2019, a petição que mais sensibilizou os brasileiros fazia um protesto contra as queimadas na Amazônia. Em 2020, o meio ambiente seguiu preocupando o país, mas dessa vez colocou o Pantanal no centro das atenções. Mais de 1,3 milhão de cidadãos reforçaram o clamor de um adolescente do Mato Grosso do Sul, que cobrou pelo fim das queimadas no bioma. O apelo foi tão grande que também reuniu assinaturas na França e na Espanha.

O 5º lugar do ranking foi ocupado pela causa da educação. O movimento “Defenda o Livro”, formado por um grupo de 11 jovens estudantes, conseguiu o apoio de 1 milhão de pessoas contra a proposta de taxação dos livros em 12%. Em uma audiência online no Dia Nacional do Livro, em 29 de outubro, as assinaturas foram enviadas ao Congresso Nacional.

Nas últimas colocações do top 10 de mobilizações aparecem: justiça pelo cãozinho Sansão, que teve duas de suas patas decepadas em Minas Gerais; uma mobilização contra o privilégio do plano de saúde para filhos de senadores e ex-senadores até os 33 anos; a campanha vitoriosa para que uma menina de 10 anos, vítima de estupro, pudesse realizar o procedimento de interrupção da gravidez autorizado pela Justiça; um abaixo-assinado em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS); e a petição criada pelo Padre Julio Lancellotti.

“Os brasileiros reconhecem neste tipo de mobilização popular uma forma válida e potente para exercer a cidadania e fazer suas vozes serem ouvidas pelas autoridades”, afirma a diretora-executiva da Change.org Brasil. “Por meio das petições, conseguem se envolver nas discussões e participar mais ativamente das decisões que estão sendo tomadas no país”.

O ranking de 2020

Confira as 10 maiores petições criadas no Brasil em 2020 e o total de assinaturas.

1. Justiça por Mariana Ferrer – 4,3 milhões

2. Justiça por Miguel – 2,8 milhões

3. Fundo eleitoral deve ser usado no combate ao coronavírus – 1,5 milhão

4. O Pantanal importa! Precisamos acabar com as queimadas – 1,3 milhão

5. Defenda o livro. Diga “não” à tributação – 1 milhão

6. Justiça por Sansão – 751 mil

7. Contra o plano de saúde para filhos de senadores até os 33 anos – 667 mil

8. Gravidez aos 10 mata – 655 mil

9. O SUS merece mais em 2021 – 582 mil

10. Acolhida e álcool gel para os moradores de rua se protegerem na pandemia – 476 mil

Mundo

Fora do Brasil, a maior campanha de 2020, hospedada pela Change.org, foi “Justiça por George Floyd”. Criado nos Estados Unidos, o abaixo-assinado recebeu o apoio de quase 20 milhões de pessoas em diversos países e quebrou todos os recordes da plataforma. O Brasil foi a quarta nação mais engajada na causa. Até então, com 6 milhões de assinaturas, uma campanha contra o desmatamento na Amazônia era a maior da plataforma em todo o mundo.

A Change.org é uma plataforma aberta, plural e neutra, que incentiva debates seguros e garante espaço para que todas as pessoas possam exercer a cidadania e se mobilizar em torno das causas que acreditam. Somente no ano passado, foram criadas 24,8 mil petições na versão brasileira da plataforma sobre as mais diversas causas – uma média de 518 por semana. Desde 2012, a organização contabiliza 947 abaixo-assinados vitoriosos no país.

Change.org (Oficial)

Em parceria com Change.org (Oficial)

O maior portal de petições online do Brasil. São 329 milhões de pessoas fazendo a diferença em 196 países e 26 milhões só no Brasil.

Compartilhe: