Leia também

Veja como agir caso você seja vítima de assédio ou estupro

Por Amanda Vitorino, Gabriela Biazi, Pamela Michelena e Thayná Yaredi, da Rede Feminista de Juristas