CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

VEJA vaza áudios do presidente a Bebianno e detona os Bolsonaros

Ao contrário do que o presidente e seu filho, Carlos Bolsonaro, afirmaram, Jair manteve contato com Bebianno por três vezes na última terça-feira

Por: Redação

A revista Veja revelou nesta terça-feira, 19, que o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) de fato enviou áudios e mensagens via WhatsApp para o então secretário-geral da Presidência, Gustavo Bebianno. Confira na reportagem de Veja.

A matéria desmente a afirmação do presidente e de seu filho, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL), de que Jair não teria conversado com Bebianno na terça-feira passada. As informações vazadas mostram que Bolsonaro fez ao menos três contatos diferentes com Bebianno ao longo do dia.

bolsonaro bebianno
Crédito: Reprodução/Facebook e Valter Campanato/Agência BrasilÁudio vazado de conversa entre Bolsonaro e Bebianno compromete presidente

A relação entre eles estava estremecida desde que o jornal Folha de S. Paulo revelou um esquema de candidaturas laranjas do PSL, partido de Bolsonaro que foi presidido por Bebianno no ano passado.

A crise desencadeou na demissão de Bebianno, que teve sua exoneração confirmada ontem. Nos áudios, Bebianno deixa claro seu antagonismo com a personalidade de Carlos Bolsonaro, se dizendo um “pacificador”.

Carlos Bolsonaro, que nunca teve apreço por Bebianno, chegou a publicar no Twitter um post em que afirma que esteve ao lado de seu pai durante toda a terça-feira, e que ele não recebera nenhuma mensagem de Bebianno. O presidente retuitou, o que mostra que Bolsonaro pai e Bolsonaro filho mentiram.

Uma das mensagens encaminhadas por Bolsonaro a Bebianno continha a agenda do ministro. Nela, constava que Bebianno receberia na terça-feira, às 16h, o vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo, Paulo Tonet Camargo. Ao receber mensagem do presidente, a quem trata apenas por “capitão”, Bebianno respondeu de imediato: “Algo contra, capitão?”. Depois de insistir com algumas mensagens por escrito, Bebianno recebeu o seguinte áudio do presidente em que ele declara que a Globo é uma inimiga do governo e que, ao fazer contatos com a emissora, o colocaria em posição delicada com “as outras emissoras”.

“Gustavo, o que eu acho desse cara da Globo dentro do Palácio do Planalto: eu não quero ele aí dentro. Qual a mensagem que vai dar para as outras emissoras? Que nós estamos se aproximando da Globo. Então não dá para ter esse tipo de relacionamento. Agora… Inimigo passivo, sim. Agora… Trazer o inimigo para dentro de casa é outra história. Pô, cê tem que ter essa visão, pelo amor de Deus, cara. Fica complicado a gente ter um relacionamento legal dessa forma porque cê tá trazendo o maior cara que me ferrou – antes, durante, agora e após a campanha – para dentro de casa. Me desculpa. Como presidente da República: cancela, não quero esse cara aí dentro, ponto final. Um abraço aí.”

Confira as outras mensagens no site de VEJA.

Compartilhe:

1
O pagamento dos R$ 600 e o cadastro dos trabalhadores fora do CadÚnico
O governo anunciou na terça-feira, 7, os detalhes sobre o pagamento da renda básica emergencial de R$ 600 para os …
2
Como vai funcionar a renda básica emergencial de R$ 600?
Os trabalhadores de baixa renda sem carteira assinada vão poder contar com uma renda básica emergencial do governo para lidar …
3
Bolsonaro prefere ser ‘do contra’ e luta sozinho contra o isolamento social
O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), insiste em desafiar as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização …
4
E se Bolsonaro foi contaminado com coronavírus?
O que não passava de pura especulação e teoria da conspiração tem ganhado ares de verdade com novos capítulos envolvendo …
5
Coronavírus: Câmara aprova auxílio de R$600 para pessoas de baixa renda
A Câmara dos Deputados aprovou na quinta-feira, 26, uma medida que prevê o pagamento de R$600 para trabalhadores de baixa …
6
Bolsonaro e o coronavírus: um presidente na contramão do mundo
O pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na noite de terça-feira, 24, pegou de surpresa integrantes do governo e …
7
Entenda a MP da Morte: da polêmica e revogação por Bolsonaro até o erro de redação de Guedes
Em apenas uma canetada o presidente Jair Bolsonaro autorizou empresas a suspenderem contratos com seus empregados por 4 meses, sem …
8
Coronavírus no RJ: a situação dos transportes e dos comércios
O Rio de Janeiro adotou medidas mais severas para conter o avanço do novo coronavírus. O governador do estado, Wilson …