Últimas notícias:

Loading...

Vídeo mostra PMs agredindo grupo após protesto em SP

Imagens que circulam nas redes sociais mostram um grupo sendo atacado com golpes de cassetete e chutes

Por: Redação

A manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), contra o racismo e o fascismo e a favor da democracia neste domingo, 7, no Largo da Batata, em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, ocorreram de forma pacífica. Mas no final do ato, PMs foram flagrados agredido manifestantes.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram um grupo sendo atacado com golpes de cassetete e chutes nas esquinas das ruas Teodoro Sampaio e Mourato Coelho. As informações são do G1.

Crédito: Reprodução/TV GloboVídeo mostra PM agredindo grupo com chutes após manifestação em São Paulo

Em entrevista à TV Globo, o porta-voz da Polícia Militar de São Paulo, tenente-coronel Emerson Massera, disse que a corporação iria apurar as imagens e todas as circunstâncias da ação.

O ato, que começou por volta das 14h de forma pacífica, foi convocado por movimentos negros, torcidas organizadas de times de futebol de São Paulo e por movimentos sociais integrantes da Frente Povo Sem Medo.

Crédito: Reprodução/TV GloboManifestantes se reúnem no Largo da Batata, em São Paulo

A manifestação terminou por volta das 16h20, mas parte do grupo quis seguir até a avenida Paulista, onde mais cedo bolsonaristas faziam um ato a favor do governo Bolsonaro.

O porta-voz da PM afirmou que o acordo foi quebrado e houve depredação, por isso os policiais tiveram que agir. O grupo foi dispersado com bombas.

Compartilhe: