Fake News usa prédio pichado em SP para atacar universidades

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro

As milícias digitais pró-Bolsonaro estão usando a foto de prédio pichado para atacar a universidades públicas e justificar os cortes de 30% no orçamento de instituições federais de ensino superior.

Crédito: ReproduçãoAs universidades públicas têm sido alvo de boatos nas redes sociais depois que o governo federal anunciou os cortes

A imagem de um prédio pichado em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, que circula por grupos de WhatsApp, atribui a construção como sendo uma das instalações da USP (Universidade de São Paulo)

De acordo com o Estadão, a foto é Edifício Elisa, e foi publicada no blog São Paulo Antiga em 2010. O prédio está ocupado desde 2014 pela Frente de Luta pela Moradia (FLM).

O contingenciamento de recursos anunciado pelo Ministério da Educação não irá afetar a USP , já que sua administração é subordinada ao governo de São Paulo.

1 / 8
1
03:33
O desequilíbrio de Bolsonaro na demissão de Joaquim Levy
O economista Joaquim Levy deixou a presidência do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) neste domingo, 16. A …
2
02:28
Bolsonaro deveria ser processado por homicídio culposo
Está repercutindo no país o desfecho da morte da modelo Caroline Bittencourt. O empresário Jorge Sestini, marido de Caroline, será indiciado …
3
03:57
Guru de Bolsonaro está nu
DIREÇÃO: Gilberto Dimenstein COMENTÁRIO: Gilberto Dimenstein CAPTAÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC) EDIÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC)
4
02:09
O PEIXE FEDEU PARA A FAMÍLIA BOLSONARO
5
07:22
Entenda o que é velha política
“Descomplicando” é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
6
03:32
MINISTRO DE BOLSONARO DEFENDE GUERRILHEIRA DILMA
7
04:47
TÁBATA DÁ UMA MARAVILHOSA LIÇÃO AO BRASIL DE BOLSONARO
8
03:27
Apropriação Cultural
Apropriação Cultural