Fernando Holiday ataca Marielle e diz que ela era ‘extremista’

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro

No mesmo dia que completou um ano da morte de Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista, Anderson Gomes, o vereador Fernando Holiday (DEM-SP) foi as redes sociais atacar a vereadora carioca.

Holiday e Marielle

No Twitter, Holiday –eleito com apoio do MBL—chamou Marielle de “extremista” que defendia “ideais perturbadores” e que a sua atuação é “uma lenda” criada pela mídia.

Ele também disse que irá se opor a um projeto dos vereadores Eduardo Suplicy (PT) e Toninho Vespoli (PSOL) para dar o nome de Marielle a uma praça de São Paulo.

“O que aconteceu com ela foi terrível, mas sua atuação é uma lenda criada pela mídia. Foi uma vereadora extremista que defendia ideais perturbadores”, postou Holiday nas redes sociais.

Compartilhe:

1 / 8
1
02:28
Bolsonaro deveria ser processado por homicídio culposo
Está repercutindo no país o desfecho da morte da modelo Caroline Bittencourt. O empresário Jorge Sestini, marido de Caroline, será indiciado …
2
05:30
Grávida aos 41 depois 30 sessões de quimioterapia
Beleza contra o câncer. Um diagnóstico que ninguém quer ouvir. 5 anos de tratamento contra um câncer de mama agressivo. Mastectomia dupla. O namorado …
3
03:57
Guru de Bolsonaro está nu
DIREÇÃO: Gilberto Dimenstein COMENTÁRIO: Gilberto Dimenstein CAPTAÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC) EDIÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC)
4
02:09
O PEIXE FEDEU PARA A FAMÍLIA BOLSONARO
5
07:22
Entenda o que é velha política
“Descomplicando” é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
6
03:32
MINISTRO DE BOLSONARO DEFENDE GUERRILHEIRA DILMA
7
04:47
TÁBATA DÁ UMA MARAVILHOSA LIÇÃO AO BRASIL DE BOLSONARO
8
03:27
Apropriação Cultural
Apropriação Cultural