Folha: Mourão vira defensor improvável da democracia

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro

Em sua colina na Folha desta sexta-feira, o jornalista Reinaldo Azevedo classifica a guerra entre o clã Bolsonaro com o vice-presidente Hamilton Mourão como” jocoso e desprezível”.

“Trata-se do confronto entre a democracia liberal e o populismo autoritário, que recorre às urnas para solapar as garantias que o elegeram”.

Bolsonaro
Crédito: Isac Nóbrega/PRBolsonaros perceberam que militares eram empecilho para exercício da tirania

Segundo Azevedo, o general Mourão é o ator improvável no papel de garantidor de direitos fundamentais.

“Embora Mourão não seja estranho à ideia da tutela que os militares ambicionam ter da sociedade civil, marcadamente desde o golpe da República, seu conservadorismo reserva um lugar às instituições”.

1 / 8
1
02:28
Bolsonaro deveria ser processado por homicídio culposo
Está repercutindo no país o desfecho da morte da modelo Caroline Bittencourt. O empresário Jorge Sestini, marido de Caroline, será indiciado …
2
03:57
Guru de Bolsonaro está nu
DIREÇÃO: Gilberto Dimenstein COMENTÁRIO: Gilberto Dimenstein CAPTAÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC) EDIÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC)
3
02:09
O PEIXE FEDEU PARA A FAMÍLIA BOLSONARO
4
07:22
Entenda o que é velha política
“Descomplicando” é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
5
03:32
MINISTRO DE BOLSONARO DEFENDE GUERRILHEIRA DILMA
6
04:47
TÁBATA DÁ UMA MARAVILHOSA LIÇÃO AO BRASIL DE BOLSONARO
7
03:27
Apropriação Cultural
Apropriação Cultural
8
03:50
DITADURA PROVOCA GUERRA NAS REDES