Lição do aumento da audiência da Catraca: nunca abandone seu leão

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro
Todos temos um Leão dentro de nós. Nunca o abandone.

Gostaria de compartilhar uma lição que aprendemos com o aumento enorme ( 81%) de nossa audiência, mostrado em janeiro deste ano pelo Google e Facebook: não tenha medo de ser o que você é e falar o que pensa.
Não abra mão do seu poder diante das críticas e ofensas.
No ano passado, recebemos centenas de milhares – isso mesmo, centenas de milhares – de mensagens pelas redes sociais com ataques e ameaças, cheias de ofensas, palavrões e Fake News.
Era um bombardeio 24 horas por dia.

Fomos o único veículo de comunicação lançar o #BolsonaroNão, inspiração do #EleNão.

Não propunhamos voto em nenhum candidatos: havia vários na época em que tomamos nossa posição.

Só dissemos que tínhamos um não-candidato pelo seu histórico de desrespeito à democracia, à tolerância e à diversidade.

Nem por isso quero que Bolsonaro seja um fracasso. Afinal, não queremos mais miséria nem desemprego.

Eu, por exemplo, apoio a reforma da previdência, por acreditar que, sem ela, os pobres serão os mais prejudicados com o colapso das contas pública.

Apostavam que a Catraca Livre sofreria uma debandada de leitores. Muitos pregavam simplesmente que fôssemos censurados e banidos.
Alguns falavam até em tiros e agressão física.
Estamos acostumados a ataques. Mas a intensidade mudou.
Motivo: o país ficou mais radical e o ódio se espalhou nas redes.
Mas nossa audiência explodiu, como vocês vão ver nos gráficos oficiais do Google e Facebook.
Devemos, claro, prestar atenção nas críticas e mudar quando estivermos errados.
Boas críticas nos fazem melhores.
Mas uma grande maioria dos ataques é feita de pessoas que odeiam por odiar, fazem das redes apenas um jeito de descontar seu ressentimento, sua mediocridade.
Conseguem ali uma migalha de poder.
Mas se você realmente acredita no que pensa e souber usar bons argumentos, sem medo, acaba vencendo.
Isso porque os haters não argumentam, apenas xingam.
Os bons argumentos acabam sensibilizando, mais cedo ou mais tarde, as pessoas de bom senso.
Elas podem até continuar discordando de suas ideias – e discordando radicalmente – mas acabando respeitando.

Em janeiro de 2018, o número de leitores  da Catraca Livre, como se vê no gráfico acima, era de 10,6 milhões.

Esses dados foram registrados pelo Google Analytics, um dos principais medidores de audiência na internet.

Neste mês, em 2019, esse número cresceu 81%, chegando a 19,2 milhões milhões de leitores ( gráfico abaixo).

Se for feita a comparação de janeiro deste ano com dezembro 2018, o crescimento é de 41%.

Os indicadores do Facebook em janeiro também mostram aumentam em quase todos os indicadores.
Nos últimos 28 dias, o alcance da página foi de 35,7 milhões de pessoas diferentes – um aumento de 15%.

Autor: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.

1 / 8
1
02:32
Datafolha explica as vaias que Bolsonaro recebeu no Maracanã
Dois pontos da pesquisa Datafolha publicada nesta segunda-feira, 8, pela Folha, mostram a pior notícia para Jair Bolsonaro. E se não …
2
03:33
O desequilíbrio de Bolsonaro na demissão de Joaquim Levy
O economista Joaquim Levy deixou a presidência do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) neste domingo, 16. A …
3
02:28
Bolsonaro deveria ser processado por homicídio culposo
Está repercutindo no país o desfecho da morte da modelo Caroline Bittencourt. O empresário Jorge Sestini, marido de Caroline, será indiciado …
4
03:57
Guru de Bolsonaro está nu
DIREÇÃO: Gilberto Dimenstein COMENTÁRIO: Gilberto Dimenstein CAPTAÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC) EDIÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC)
5
02:09
O PEIXE FEDEU PARA A FAMÍLIA BOLSONARO
6
07:22
Entenda o que é velha política
“Descomplicando” é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
7
03:32
MINISTRO DE BOLSONARO DEFENDE GUERRILHEIRA DILMA
8
04:47
TÁBATA DÁ UMA MARAVILHOSA LIÇÃO AO BRASIL DE BOLSONARO