Ótima invenção brasileira no Twitter contra depressão e suicídio

Por: Redação | Comunicar erro

É uma maravilhosa invenção para combater, usando as redes sociais, o suicídio.
E já está operando no Twitter, batizado de Algoritmo da Vida.
A criação é da revista Rolling Stone Brasil , que explicou o projeto:

É um algoritmo capaz de identificar uma enorme variedade de palavras, expressões e frases que podem indicar sintomas de depressão nas postagens públicas dos usuários no Twitter.

Alguns exemplos dos termos da “gramática da depressão” foram retirados das páginas dos diários de Kurt Cobain, que indicavam que a saúde mental do líder do Nirvana não estava bem. Mas não é somente isso, o estudo foi a fundo para entender como são os pedidos de ajuda, volulntários ou involuntários, recorrentes nas redes sociais para pessoas potencialmente em algum estágio depressivo.

O algoritmo encontra a recorrência desses termos e indica o perfil para uma checagem cuidadosa de uma equipe treinada para considerar, inclusive, contexto, ironias e recorrência de termos e periodicidade.

Depois que a ferramenta e a equipe confirmarem o potencial do usuário em desenvolver a depressão, um perfil secreto criado especificamente para a ação com o auxílio de psiquiatras entra em contato com o indivíduo por meio de mensagem privada, na mesma rede social.

A ideia é, com a conversa, entender melhor o perfil do usuário e indicar a melhor forma de tratamento, por meio do telefone do Centro de Valorização da Vida (ligue 188), referência nacional no atendimento a pessoas com depressão.

“A Rolling Stone, como um veículo voltado à cultura pop e, principalmente, à música, lida todos os dias com a depressão ou seus sintomas. E isso é alarmante”, diz Pedro Antunes, editor-chefe da Rolling Stone Brasil. “Muitos músicos pediram ajuda nas suas músicas. Veja o caso de Kurt Cobain ou de Chester Bennington, do Linkin Park, por exemplo. Vidas chegaram ao fim de forma precoce por conta da depressão, basta lembrar de Chris Cornell. Tudo o que pudermos fazer para diminuir esse número precisa ser nossa prioridade. É uma responsabilidade social que devemos ter. Cada vida salva é uma vitória”, completa.

Catraca Livre mostra aqui alguns sintomas de depressão

É normal sentir-se para baixo vez ou outra, mas depressão é mais que isso, é uma doença mental que causa alterações químicas no cérebro, provocando baixa da auto-estima, sentimentos de culpa e de fracasso. Pessoas que passaram por eventos adversos durante a vida (desemprego, luto, trauma psicológico) são mais propensas a desenvolver a doença.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão atinge hoje 300 milhões de pessoas em todo o mudo e pode se tornar a doença mais incapacitante até 2020.

Os sintomas da depressão nem sempre são tão óbvios quanto o choro frequente e o desespero. Muitas vezes as mudanças são sutis, e a pessoa pode não notar, mas seus amigos e entes queridos geralmente percebem algo diferente.

ilustração mostra um homem com um guarda-chuva sozinho
Crédito: kevinhillillustration/istockIsolamento social é uma das características da depressão

Por não ter um padrão único, os sintomas da depressão podem progredir gradualmente desde o leve, como evitar atividades sociais, até os mais graves, como pensamento suicida. A progressão varia de pessoa para pessoa.

Confira abaixo alguns sinais que ajudam a reconhecer a depressão. Esses sintomas podem ser isolados ou somatizados:

1. Tristeza profunda

A depressão é uma tristeza profunda e muitas vezes, sem motivo aparente. Mesmo se algo maravilhoso acontecer ou estiver acontecendo, a pessoa continuará triste. Quem sofre de depressão, costuma sentir por, pelo menos, duas semanas uma tristeza contínua e tem pensamentos repetitivos sobre a razão da tristeza.

2. Problemas de sono

Algumas pessoas que sofrem de depressão costumam ter insônia, acordando de madrugada e com dificuldades de adormecer novamente. Por outro lado, outras já não sentem vontade de sair da cama e dormem por longos períodos durante o dia.

3. Perda de interesse em atividades favoritas

O desinteresse por atividades antes prazerosas é outro indicativo frequente da depressão. Geralmente, os pacientes com depressão preferem ficar em casa do que fazer qualquer outra atividade.

4. Mudança no apetite

ilustração de uma mulher sentada na mesa com o prato vazio
Crédito: jklr/istockDepressão pode afetar o apetite

Algumas pessoas comem demais quando estão deprimidas ou ansiosas, mas em pessoas com depressão severa, o oposto é mais comum. Elas podem deixar de de comer porque não estão mais preocupadas com o bem-estar físico.

5. Insegurança

É comum também haver sintomas emocionais, como medo, insegurança, desesperança, desespero, negativismo, desamparo e frustração.  Algumas vezes, esses sentimentos acabam se manifestando no corpo como dor física e tensão, o que é chamado de somatização.

6. Cansaço

Com a queda dos neurotransmissores – uma característica da depressão – pode haver sensação de cansaço, fraqueza e falta de ânimo.

7. Irritabilidade

Outros sinais de depressão frequentemente ignorados são raiva e irritabilidade, mais frequentemente apresentadas por homens. Muitas vezes, no entanto, eles acreditam que essas emoções sejam apenas efeito do estresse ou do cansaço.

8. Pensamentos de morte

Pessoas com depressão podem apresentar desejos de morrer e ter pensamentos suicidas.

Qualquer que seja o nível de depressão é imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento adequado, que pode ser feito de duas maneiras: isolada ou combinada. A primeira delas é a psicoterapia, que irá tratar das causas. A segunda é tomando antidepressivos que ajudam a normalizar a atividade cerebral.  Veja aqui outras formas que ajudam a amenizar os sintomas de depressão.

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, email, chat e voip 24 horas todos os dias. A ligação para o CVV em parceria com o SUS, por meio do número 188, é gratuita a partir de qualquer linha telefônica fixa ou celular. Também é possível acessar www.cvv.org.br para chat.

arte com o telefone do CVV 188
Crédito: Lucas Rodrigues/Catraca LivreLigação é gratuita em todo o país

Compartilhe:

1 / 8
1
02:32
Datafolha explica as vaias que Bolsonaro recebeu no Maracanã
Dois pontos da pesquisa Datafolha publicada nesta segunda-feira, 8, pela Folha, mostram a pior notícia para Jair Bolsonaro. E se não …
2
03:33
O desequilíbrio de Bolsonaro na demissão de Joaquim Levy
O economista Joaquim Levy deixou a presidência do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) neste domingo, 16. A …
3
02:28
Bolsonaro deveria ser processado por homicídio culposo
Está repercutindo no país o desfecho da morte da modelo Caroline Bittencourt. O empresário Jorge Sestini, marido de Caroline, será indiciado …
4
03:57
Guru de Bolsonaro está nu
DIREÇÃO: Gilberto Dimenstein COMENTÁRIO: Gilberto Dimenstein CAPTAÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC) EDIÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC)
5
02:09
O PEIXE FEDEU PARA A FAMÍLIA BOLSONARO
6
07:22
Entenda o que é velha política
“Descomplicando” é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
7
03:32
MINISTRO DE BOLSONARO DEFENDE GUERRILHEIRA DILMA
8
04:47
TÁBATA DÁ UMA MARAVILHOSA LIÇÃO AO BRASIL DE BOLSONARO