Senador tucano gasta R$ 6 milhões com 78 assessores

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro

O senador que mais contrata assessores é Izalci Lucas (PSDB-DF). O parlamentar conta com 78 funcionários, o que custa aos cofres públicos um gasto mensal de R$ 527 mil.

Em um ano, o custo só com assessores passa de R$ 6 milhões.

Izalci Lucas
Crédito: DivulgaçãoO senador Izalci Lucas

Segundo reportagem do jornal “Gazeta do Povo”, de todos assessores contratados pelo senador Izalci Lucas, apenas quatro são efetivos. Os demais são de livre provimento.

Ao site Metrópoles, o tucano justificou o inchaço no quadro funcional. “Integro 11 comissões, sou presidente de uma, além de ser vice-líder do Governo, vice-líder do PSDB, presidente do partido no DF; fora as inúmeras frentes parlamentares das quais faço parte no Congresso. Pode ser até que haja alguém que trabalhe o tanto quanto eu, mas não existe aqui quem trabalhe mais que eu”, disse,

Na contramão, o senador Regufe (Sem partido-DF), possui apenas 8 assessores. Nesse caso, a folha mensal fica em R$ 72 mil.

Compartilhe:

1 / 8
1
02:28
Bolsonaro deveria ser processado por homicídio culposo
Está repercutindo no país o desfecho da morte da modelo Caroline Bittencourt. O empresário Jorge Sestini, marido de Caroline, será indiciado …
2
05:30
Grávida aos 41 depois 30 sessões de quimioterapia
Beleza contra o câncer. Um diagnóstico que ninguém quer ouvir. 5 anos de tratamento contra um câncer de mama agressivo. Mastectomia dupla. O namorado …
3
03:57
Guru de Bolsonaro está nu
DIREÇÃO: Gilberto Dimenstein COMENTÁRIO: Gilberto Dimenstein CAPTAÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC) EDIÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC)
4
02:09
O PEIXE FEDEU PARA A FAMÍLIA BOLSONARO
5
07:22
Entenda o que é velha política
“Descomplicando” é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
6
03:32
MINISTRO DE BOLSONARO DEFENDE GUERRILHEIRA DILMA
7
04:47
TÁBATA DÁ UMA MARAVILHOSA LIÇÃO AO BRASIL DE BOLSONARO
8
03:27
Apropriação Cultural
Apropriação Cultural