Aprenda a educar suas redes sociais em 6 dicas

Tá difícil acompanhar os posts das pessoas de que você mais gosta? A gente te ajuda!

Por: Redação | Comunicar erro

Você já percebeu que a cada dia aparecem mais anúncios na timeline do seu Facebook e do Instagram, e cada vez fica mais difícil acompanhar os posts das pessoas de que você mais gosta?

Saiba que existe uma maneira de “educar” essas redes para que elas voltem a te mostrar aquilo que você realmente quer ver.

2019: o ano do unfollow

A coach e especialista em marketing pessoal, Bruna Fioreti, que também é influencer e conta com mais de 50 mil seguidores no Instagram e coluna na UOL, fez uma série de stories no começo do ano comentando que estávamos entrando no “ano do unfollow”. Acompanho essa diva faz mais ou menos um ano e, desde que ela comentou isso, fiquei com essa pauta na cabeça.

Basicamente, a tendência de “desseguir” uma pessoa na redes se dá por dois principais motivos:

  • As pessoas estão buscando mais qualidade de vida e, com isso, querem passam menos tempo nas redes, vendo apenas o conteúdo daquelas pessoas que realmente são interessantes;
  • As redes sociais, de modo geral, diminuiu a entrega de conteúdo e aumentou entrega de anúncios. Quando você segue muitas pessoas, acaba que não vendo aquilo que você realmente queria.

Essa diminuição da “entrega” do conteúdo é uma reclamação constante entre profissionais que dependem desses canais para divulgar seus serviços e produtos. Profissionais do marketing, como eu, estudam com afinco as plataformas para entender os algoritmos e fazer ajustes para mudar este fato.

Mas o que acabamos nos esquecendo – e que estou resolvendo isso agora mesmo – é que vocês, pessoas comuns que usam o Facebook e o Instagram para se conectar com pessoas e ficar por dentro das tendências, também precisam aprender esses detalhes técnicos para que possam ter o melhor delas.

Entenda os algoritmos

Algoritmos são as regras que os “robôs” seguem para decidir o que vão mostrar para você. Basicamente, ele se baseia no seu gosto e comportamento. Quando você assiste a um vídeo de comédia de uma determinada página, percebe que de repente começa a ver mais vídeos como aquele? É o algoritmo trabalhando para te mostrar mais daquilo que você gosta.

Interaja com o que mais gosta

Continue lendo aqui: Aprenda a educar suas redes sociais em 6 dicas

Texto escrito por Thais Moraes e publicado no Superela

Compartilhe:

1 / 8
1
02:35
Criatividade e Solidariedade: transformando a dor em beleza.
A vida do garoto Angelo Henry, morto em 2014, inspirou uma linda história de solidariedade que ressoará na vida de …
2
01:17
A mãe que reescreveu a história da sua filha
O que uma mãe não faz por seus filhos? A Alessandra, mãe da Naná, notou que às vezes havia uma certa …
3
02:47
Não existe nada por acaso
Um dos melhores intérpretes da MPB, Simoninha doou o seu talento à Orquestra Sinfônica Heliópolis em um show no Masp …
4
04:36
Brasileira cria aplicativo que promove a inclusão
"Brainy Mouse" é o nome do aplicativo que une criatividade, inclusão e tecnologia. Criado pela brasileira Ana Sarrizo esse jogo carrega …
5
04:17
Restaurante brasileiro é referência mundial de sustentabilidade
Sair para comer fora também pode ser um ato de resistência contra a destruição do planeta – e isso vale …
6
01:41
As camisas dos verdadeiros campeões
Você está vendo essa criança com camisa de futebol? Essa não é uma camisa comum, na realidade ela é uma …
7
01:47
Mestres da Criatividade: Grafites atropelam a intolerância
Um movimento de arte em favor do amor e contra a intolerância surgiu nas ruas de Berlim: Paint Back, promovido …
8
04:53
Como a passagem de um livro virou uma música sublime
Numa passagem da obra-prima "O tempo e o Vento", de Érico Veríssimo, a protagonista Ana Terra se encanta com sua …