João Carlos Martins quer tocar piano sem a mão, usando o cérebro

Se a experiência der certo, ele seria o primeiro músico do mundo a tocar apenas com o cérebro.

Por: Redação | Comunicar erro
Tags: #News
João Carlos Martins operando o cérebro para movimentar as mãos.

Sofrendo dores insuportáveis na mão, João Carlos Martins decidiu se despedir do piano neste mês. – ele já foi considerado um dos maiores pianistas do mundo.
Será com um show promovido pela Catraca Livre no dia 22 de dezembro ao lado de Toquinho com crianças cantoras das favelas de Heliópolis e Paraisópolis.
Ele vai tirar um nervo da mão para parar a dor, mas a contrapartida é que não mais poderá tocar – até agora, ele ainda conseguia improvisar com alguns dedos. “Cheguei no meu limite”, lamenta, obrigado a virar maestro para não largar a música.

Primeiro ele perdeu o movimento da mão direita, mas tocava com a esquerda. Mas a esquerda também começou a falhar. Mesmo assim usava o dedão da direita e alguns dedos na esquerda, tocando músicas que fossem compatíveis com seus movimentos.

Ele já faz uma operação no cérebro para movimentar uma das mãos – uma intervenção que ajudou por algum tempo.

Mas a dor foi ficando cada vez maior, a ponto de obrigá-lo a ficar por várias com a mão para cima antes ou depois de uma apresentação.
Agora, ele se dispôs a aceitar um convite há tempos do neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis para uma experiência: tocar o piano apenas com o cérebro.
Nicolelis ficou famoso mundialmente mostrando como o cérebro pode movimentar aparelhos.
“É meu último recurso”, afirma João Carlos, que continua, porém, como maestro.

Se a experiência der certo, ele seria o primeiro músico a tocar apenas com o cérebro.

Compartilhe: