A receita da paixão de Fernanda Montenegro

Ser livre, criativa, inquieta como uma criança e não ter medo de errar.

Essa é a receita de uma mulher surpreendente que aos 89 anos vive as agruras e delícias de encarnar vidas alheias: Fernanda Montenegro.

“Todos temos dentro de nós N vidas. Cada pessoa com quem convive você é uma. Aparentemente é a mesma, mas não é. Isso também a profissão me deu”, diz Fernanda que sempre se arriscou em diferentes personagens e afirma que o ator nunca pode ter medo do ridículo.

Teatro: os atores Fernando Torres e Fernanda Montenegro em cena da peça “Dias Felizes” (1995), dirigida por Jacqueline Laurence. (Divulgação) (Foto: Lenise Pinheiro/Folhapress)

Compartilhe: