Anitta dispara contra Bolsonaro: ‘queremos respeito’

Por: Gilberto Dimenstein

Muito cobrada por fãs a se posicionar politicamente às vésperas da eleição, a cantora Anitta agora deixa mais claro alguns de seus posicionamentos.

Em entrevista à agência de notícias Efe, sobre o seu mais recente disco, “Kisses”, Anitta falou sobre como as opiniões controversas do presidente Jair Bolsonaro podem fazer com que as pessoas achem normal ter preconceito.

anitta
Crédito: Reprodução/Instagram/@anitta 

A cantora exigiu “respeito e liberdade” para o feminismo e para a comunidade LGBT

“Pode ser, sim, que Bolsonaro seja bom para a economia. Pode ser, sim, que ele seja bom para áreas que o país necessita, economicamente falando e tal. Mas se temos um representante que expressa abertamente opiniões más sobre diferentes tipos de pessoas, de amor, de feminismo, isso faz com que as pessoas sintam que é normal ter preconceito”, disse Anitta.

A cantora admitiu que a política não é o seu forte. “Não serei a pessoa que se senta com você e que sabe falar sobre economia e sobre o resto do país”, disse, mas afirmou que o Brasil deve progredir e avançar “sem importar quem seja o presidente”.

A cantora foi muito criticada na época das eleições pela demora em aderir à campanha #EleNao até que Daniela Mercury deu uma intimada.

Compartilhe: