Bolsonaro quer tirar título de patrono da educação de Freire

Por: Gilberto Dimenstein

O presidente Jair Bolsonaro disse que vai mudar o patrono da Educação brasileira, título concedido em 2012 ao educador e filósofo Paulo Freire, que morreu em 1997.

A afirmação foi feita em entrevista ao canal do YouTube “Esther e famosos”, da repórter mirim Esther Castilho.

“Quem sabe nós temos uma patrona da educação, não mais um patrono muito chato. Não precisa falar quem é, que temos até o momento, que vai ser mudado. Estamos esperando alguém diferente”, disse Bolsonaro no vídeo.

Bolsonaro
Crédito: Alan Santos/PRBolsonaro durante à repórter-mirim Esther Castilho para o programa “Esther e os Famosos”

Bolsonaro se referia ao projeto de lei protocolado nesta segunda-feira pela  deputada federal Caroline De Toni (PSL-SC), que visa retirar de Paulo Freire o título de patrono da educação brasileira.

“Nossa Constituição prevê o pluralismo de ideias e Paulo Freire não nos representa”, disse, aproveitando ainda para parabenizar Olavo de Carvalho, considerado o “guru” educacional do governo Bolsonaro, pelo seu aniversário.

Pelo Twitter, a parlamentar ainda fez uma postagem em que afirma que “não podemos aceitar que a nossa educação seja pautada por um ideólogo marxista”.

Compartilhe: