Cancelado passaporte diplomático que Bolsonaro deu a Edir Macedo

Por: Redação
Edir Macedo com a esposa

O passaporte diplomático que Jair Bolsonaro deu a Edir Macedo e esposa está acabando mal.

E não apenas na opinião pública.

A Justiça decidiu brecar o privilégio ao dono da Record e líder da Igreja Universal.

O juiz federal Vigdor Teitel aceitou liminar para suspender o passaporte.

Na decisão, ele diz:

A atividade no exterior de Macedo como líder da Igreja Universal não significa “interesse do país” que justifique a “proteção adicional consubstanciada no passaporte diplomático”.

“As viagens missionárias – mesmo que constantes -, e as atividades desempenhadas no exterior não ficam, de modo algum, prejudicadas sem a utilização do documento em questão”

Compartilhe: