Últimas notícias:

Loading...

Mensagens no WhatsApp revelam radicalização de Bolsonaro

Por: Redação

Para a Folha de S. Paulo, Jair Bolsonaro entrou num processo de radicalização.

Daí o estímulo do presidente às manifestações contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal, marcadas para o próximo dia 26.

Assim como nas eleições, o meio usado para a mobilização é o WhatsApp

Segundo a Folha, um caminhoneiro fala, em áudio que chegou ao Palácio do Planalto, em mostrar força à Câmara, ao Senado e “àqueles 11 togados de merda”.

Outro caminhoneiro, também em aúdio, diz que “a parte podre do Congresso —Câmara e Senado—, mais o STF com o apoio da Rede Globo, estão se unindo para tentar derrubar o capitão”. “E a gente não vai deixar”, ele conclui.

“O povo vai se levantar em favor do presidente para dar a ele salvo-conduto para fazer o que for necessário. (…) Nem que seja para fechar esse Congresso maldito e interditar esse STF”, diz o caminhoneiro.

Essa teoria da conspiração está no texto compartilhado, via WhatsApp,por Bolsonaro.

Trecho da Folha:

Pessoas próximas à família atribuem os últimos gestos do presidente ao combo de derrotas no Congresso e ofensiva do Ministério Público sobre Flávio Bolsonaro. A devassa nas contas do filho, com implicações para outros integrantes do clã, o abalou.

Compartilhe: