CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Dimenstein: não é exagero comparar Joel Santana com Eduardo Bolsonaro

Mesmo para pessoas que são fluentes em inglês, a linguagem diplomática exige um treino especial

Por: Gilberto Dimenstein

Você pode achar que o título dessa coluna é exagerado.

Afinal, poucas coisas podem ser piores do que o inglês do técnico Joel Santana.

Mas não é exagero.

Simples entender.

Para o que era exigido do divertido Joel Santana, o inglês até servia.

Crédito: Reprodução O técnico Joel Santana

Virou motivo de brincadeira.

Mas para o que é exigido de um diplomata –ainda mais um embaixador em Washington– o inglês de Eduardo Bolsonaro não serve.

Ele vai ter que ficar nas mãos dos assessores.

Mesmo para pessoas que são fluentes em inglês, a linguagem diplomática exige um treino especial.

Se você acha que estou exagerando, vejam esses vídeos.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Por: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.