CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Dicas para economizar na compra do material escolar

Por: Silvia Melo
Istock/ perkmeup
Explique ao vendedor que você procura o melhor custo-benefício

Janeiro está aí e com ele vem IPVA, IPTU, matrícula e o material escolar. Em meio a tantas contas e sem o devido planejamento financeiro, muitas famílias acabam se afundando em dívidas.  Mas o primeiro mês do ano não precisa ser um martírio, basta se programar e gastar com consciência.

Para quem tem filhos e precisa gastar com o material escolar, vale deixar a timidez na hora de pechinchar por descontos e separar um tempo para ir atrás dos melhores preços.  “Sempre recomendo que pensem o quanto precisam trabalhar para conseguir o seu salário. A partir daí, fica fácil valorizar esse dinheiro, aprendendo a pesquisar preço e, principalmente, a negociar os valores das compras”, afirma Reinaldo Domingos, autor do best seller “Terapia Financeira”.

O momento também pode ser interessante para conversar com seus filhos. Falar sobre a importância de economizar nessas horas pode contribuir para que eles se tornem adultos mais conscientes.

Abaixo, separamos algumas dicas que vão ajudar a economizar na compra do material escolar:

1) Acione os outros pais e tentem fazer compras em conjunto. Assim, suas chances de negociar menores preços serão maiores. Há lojas que reduzem o valor total em 10% quando a soma passa de determinado valor.

2) Separe o material utilizado no ano anterior e avalie a possibilidade de reutilizá-lo. Organize um grupo de trocas de materiais em boas condições entre pais com filhos em idade escolar diferente. Isso vai resultar numa boa economia.

Agência Brasil
Antes de ir às compras, separe o material que ainda pode ser reaproveitado

3) É extremamente importante fazer uma lista com os materiais que precisa antes de ir às compras, assim, você diminui o risco de perder o foco e gastar mais do que pode ou precisa.

4) Deixe os filhos em casa. Isso evita que eles o influencie a levar itens mais caros e, muitas vezes, desnecessários.

5) Fale com o vendedor que te atender que você busca economia e peça a ele que te ajude a encontrar os itens com melhor relação custo-benefício.

6) Se for possível, procure pagar à vista e negocie descontos com o vendedor ou o gerente. Procure fazer isso antes de chegar ao caixa.

7) Aposte em produtos de marcas menos conhecidas. Eles também podem ter qualidade além do preço mais em conta.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.