Publicidade

Informar

3 dicas para que as crianças escrevam melhor

O preço de tanta evolução é termos que conscientemente criar oportunidades para que nossos filhos possam desenvolver habilidades essenciais para uma vida plena.

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade

As aulas mal começaram e os pais já começam a passar sufoco com a hora da tarefa escolar, enquanto professores enfrentam desafio semelhante em suas classes.

Divulgação
Saiba como melhorar a escrita do seu filh@

Há crianças que já foram alfabetizadas, mas que não conseguem copiar a tarefa da lousa. Outras, já um pouquinho mais velhas, sofrem para escrever um parágrafo completo que seja. Mais que isso, adolescentes que escrevem mal, tanto na grafia como na gramática.

Vamos então a algumas dicas para que a escrita do seu filho melhore e possa se tornar uma ferramenta para a aprendizagem de diversos conteúdos ao longo da vida.

  1. Criar a necessidade de escrever para se comunicar com a própria família. Para crianças ainda na fase de alfabetização, fazer listas pode ser fonte de prazer e aprendizagem. Inicialmente peça que seu filho faça a lista do que ele precisa do supermercado. Ajude-o a encontrar as palavras em embalagens que você ainda tem em casa ou pesquisando em folhetos de supermercado. Depois de pronta a lista, você pode aprovar ou não os itens, contanto que de fato compre aqueles que foram aprovados. Uma ideia é comprar quantidade menor de cada item, para que a lista tenha que ser feita com maior frequência. Por exemplo, se você compraria 3 pacotes de bolacha, leve somente 1 ou deixe os outros 2 pacotes escondidos, para que a lista tenha que ser refeita em breve. Vale também lista de atividades para o final de semana, do lanche para a semana de aula, dos programas favoritos de tv.

Veja mais duas dicas aqui. 

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Museu de Anatomia Humana da USP exibe peças que ensina como o seu corpo funciona

Cereja Flor: O lugar das taças de sorvetes gigantes em São Paulo

Fondue taiwanês é a próxima delícia que você tem de provar

Médica tira dúvidas sobre anticoncepcional

Refugiados se tornaram microempreendedores em um lava-rápido em São Paulo

Publicidade