#AdiaEnem: Senado vota adiamento do Enem 2020, acompanhe ao vivo

O Projeto de Lei da senadora Daniela Ribeiro (PP-PB) sugere a suspensão da aplicação do Enem em casos de calamidade pública

Por: Redação

Em meio à pandemia do novo coronavírus e mobilização que pede o adiamento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2020, o cronograma estabelecido pelo MEC (Ministério da Educação) não teve nenhuma alteração.

Projeto de Lei (PL) 1.277/2020, da senadora Daniela Ribeiro (PP-PB), que suspende a aplicação do Enem em casos de calamidade pública, será matéria de pauta no Senado Federal nesta terça-feira, 19. O projeto prevê o adiamento da prova em casos de calamidade pública decretados pelo Congresso Nacional.

A iniciativa da senadora teve como base o impasse provocado pela pandemia de coronavírus no país, a respeito do adiamento ou manutenção do calendário do Enem 2020, previsto para novembro. Em entrevista à Agência Senado, ela disse que manter as provas aprofunda as desigualdades, porque muitos estudantes não têm acesso à internet ou a equipamentos adequados para assistirem aulas.

Crédito: Waldemir Barreto/Agência SenadoDaniella Ribeiro, autora da proposta, diz que “obrigar alunos sem acesso a aulas, livros e professores a fazer uma prova importante como essa é aprofundar a injustiça social”

“Estou super feliz por poder ser a voz desses estudantes, que não têm condições de competir de igual para igual e dentro de uma justiça social. Obrigar alunos sem acesso a aulas, livros e professores a fazer uma prova importante como essa é aprofundar a injustiça social. Nosso intuito não é criticar quem tem condições, mas proporcionar justiça para quem não tem”, ressaltou Daniela.

A decisão de incluir a matéria na pauta desta terça foi tomada pelos líderes partidários em reunião na segunda-feira, 18. O relator da matéria é o senador Izalci Lucas (PSDB-DF). Ele disse à Agência Senado que também acredita que a matéria será aprovada sem dificuldades.

Acompanhe a sessão ao vivo: 

#AdiaEnem nas redes sociais

Entidades estudantis, conselhos educacionais, políticos e personalidades pedem que o edital seja adiado. A União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) se mobilizam para pedir a suspensão do edital. Protestos virtuais, com a hashtag #AdiaEnem, vem acontecendo desde as últimas semanas.

Inscrições devem ser feitas até o dia 22

Apesar de todos os esforços para que o exame seja adiado, é importante que os candidatos façam a inscrição, que vai até o dia 22 de maio por meio da página do Enem na internet.

A taxa de inscrição custa R$ 85 e deve ser paga entre 11 e 28 de maio, em agências bancárias, casas lotéricas e correios. O Enem 2020 presencial será aplicado em 1º e 8 de novembro. Os participantes que optarem por realizar a versão digital do exame farão as provas nos dias 22 e 29 de novembro.

Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilEm meio à pandemia, MEC segue com cronograma do Enem 2020

De acordo com o Inep, a estrutura do exame será mantida, com a aplicação de quatro provas objetivas, constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira — inglês ou espanhol.

Os estudantes que obtiveram a isenção da taxa também devem se inscrever no Enem. Os candidatos que não pediram isenção, mas se encaixam em um dos critérios para receber o benefício, terão direito mesmo sem a solicitação.

O cartão de confirmação da inscrição será disponibilizado em outubro, ainda sem um dia definido. Este cartão traz um resumo das principais informações para o candidato: número de inscrição; data, hora e local das provas; dados sobre atendimento especializado (se solicitado); e opção de língua estrangeira.

Confira o atual calendário do Enem 2020:

  • Inscrições: 11 a 22 de maio
  • Pagamento da taxa de inscrição: 11 a 28 de maio
  • Solicitação de atendimento especializado do Enem impresso: 11 a 22 de maio
  • Solicitação para tratamento pelo nome social: 25 de maio a 1 de junho
  • Divulgação do Cartão de Confirmação da Inscrição: em outubro, data a definir
  • Provas presenciais: 1 e 8 de novembro
  • Gabarito e divulgação dos cadernos de questões: 11 de novembro
  • Provas Enem digital: 22 e 29 de novembro
  • Divulgação do gabarito do Enem digital: 2 de dezembro
  • Resultado individual: janeiro de 2021