Como uma experiência no intercâmbio pode alavancar a carreira

Hoje em dia saber inglês não é mais um diferencial

Por: Redação Comunicar erro

A língua inglesa é imprescindível nos dias atuais, pois a globalização faz com que se torne algo fundamental. O inglês é a língua internacional, a língua dos estudos, das viagens, dos negócios, a língua da comunicação com todo o mundo, e aprender inglês fora do Brasil faz toda diferença pra ser melhor colocado no mercado de trabalho e até mesmo dobrar o salário.

Não seria necessário dizer o quanto a vivência em outro idioma pode melhorar consideravelmente o currículo. Afinal, hoje em dia saber inglês não é mais um diferencial. Para algumas vagas é o principal pré-requisito. Em estudos publicados por grandes empresas de recrutamento e seleção o inglês aparece como a língua mais requisitada na comunicação interna das empresas, com 91%, seguida do espanhol com 42%.

Toronto
Crédito: Pgiam/iSAtockMarina no lago Ontario com a CN Tower, um dos cartões-postais de Toronto (Canadá); cidade é um dos destinos preferidos dos brasileiros para fazer um intercâmbio

E quando se fala em inglês fluente, realmente precisa-se levar em consideração que é necessário estar habilitado em todos os conhecimentos para ser considerado fluente. A fluência vem com a habilidade de ler, ouvir, escrever e falar e não apenas “enrolar” bem numa entrevista de emprego. Hoje a Evolve Intercâmbio traz informações sobre o que pode ser um diferencial na hora de conseguir uma vaga de emprego quando se tem um intercâmbio no currículo.

Conhecer outras culturas

Conhecer outras culturas pode ser um diferencial porque ao morar em outro país se aprende a respeitar o espaço do outro, a sua cultura, a forma como as pessoas são e como elas se comportam. Em outros aspectos se adquire habilidades culturais, sociais e humanas que são vistas como ponto positivo na hora da contratação. Cada vez mais empresas apostam em profissionais que saíram de sua zona de conforto em busca de aprimoramento pessoal morando fora por um período de tempo.

Crédito: SeanPavonePhoto/iStockJá imaginou fazer um intercâmbio em Seul, na Coreia do Sul?

É necessário no entanto, perceber que esta experiência é válida quando se trata de um intercâmbio cultural, ou trabalho voluntário, em que o foco principal está associado ao aprendizado de um novo idioma ou o desenvolvimento e aprimoramento de uma habilidade já adquirida, mas que precisa de aperfeiçoamento. Viagens a lazer neste aspecto não devem ser utilizadas.

Trabalho em equipe

Em alguns países o intercambista pode trabalhar enquanto aprende um novo idioma.

Opções interessantes seria a Irlanda, Malta, Austrália, Nova Zelândia, etc. Esse é um ponto positivo pois permite um período maior morando no país, e diminui o custo para permanecer estudando, uma vez que o trabalho poderá custear os gastos enquanto a pessoa está aprendendo um novo idioma.

Intercâmbio Londres
Crédito: naumoid/iStockO inglês é uma língua global

Essa é uma experiência marcante porque geralmente o intercambista não consegue emprego na área que atuava quando morava em seu país natal. Quando esta oportunidade de se adequar a novas realidades é aproveitada, se tem um profissional mais aberto e flexível, disposto a se reinventar sempre que é necessário. E não raros são os exemplos de quem acabou mudando o rumo da carreira por este motivo.

É necessário que se saiba porém, que existem regras de trabalho nestes países. Na Irlanda, por exemplo, o intercambista pode trabalhar por 20 horas semanais enquanto estiver estudando e 40 horas semanais durante as férias de verão. É preciso evitar as faltas nos cursos matriculados para não correr o risco de ser impedido de continuar no país caso se tenha o interesse em renovar e ficar por mais algum tempo estudando.

Responsabilidade social

Outro ponto positivo ao optar por aprender um novo idioma numa experiência de intercâmbio é adquirir uma visão mais ampla e antenada sobre responsabilidade social.

Recentemente a União Europeia aprovou uma legislação para proibir o uso de produtos plásticos descartáveis que estará totalmente em vigor até 2021. Quando se tem a oportunidade de estar próximo e vivenciar projetos como esse tendemos a mudar a visão que se tem e aprende-se a valorizar formas mais responsáveis de existir.

Crédito: iStockO inglês ensinado nas escolas como uma disciplina isolada não é suficiente para preparar os estudantes para fazer um intercâmbio

Isso influencia positivamente na carreira, porque o profissional traz a bagagem dessa experiência e adquire o bom hábito, muitas vezes aplicando o que aprendeu na empresa em que foi contratado e assim contribui para projetos de melhorias na preservação do meio ambiente que também acabam trazendo a médio e longo prazo economias para as empresas e isso é visto com bons olhos pelos contratantes.

Além de todas as questões listadas acima, um profissional que viveu em outro país é mais respeitoso, consciencioso e desenvolve melhores trabalhos em equipe o que conta pontos no momento da contratação. Desta forma, a experiência do intercâmbio muitas vezes é utilizada como critério de desempate, principalmente se houve um bom desempenho nos aprendizados durante este período.

1 / 8
1
04:21
Weintraub usa o MEC para tentar tirar verbete da Wikipédia do ar
Uma matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou o peso …
2
01:46
Os erros de português mais absurdos do governo Bolsonaro
A língua portuguesa não é bem o forte da gestão Bolsonaro. Vários nomes importantes do governo já escorregaram no idioma …
3
02:13
O estilista que ensina de crochê em penitenciária masculina
O projeto Ponto Firme, criado pelo estilista Gustavo Silvestre, tem como objetivo transformar a vida de detentos de uma penitenciária …
4
03:24
1ª diretora trans de uma escola pública em São Paulo
Paula Beatriz de Souza é a 1ª diretora trans de uma escola pública em Sã Paulo. Ela superou preconceitos para …
5
28s
Maior Sarau do Mundo – Lucas Galdino
Participe você também do projeto do Catraca Livre que quer montar o maior sarau virtual do mundo. Clique aqui e …
6
01:08
Maior Sarau do Mundo – Lia
Participe você também do projeto do Catraca Livre que quer montar o maior sarau virtual do mundo. Clique aqui e …
7
33s
Maior Sarau do Mundo – Keila
Participe você também do projeto do Catraca Livre que quer montar o maior sarau virtual do mundo. Clique aqui e …
8
01:07
Maior Sarau do Mundo – Fernanda Beirão – A arte de perder, de Elizabeth Bishop
Participe você também do projeto do Catraca Livre que quer montar o maior sarau virtual do mundo. Clique aqui e …