Últimas notícias:

Loading...

SP anuncia retorno das aulas a partir de 1º de fevereiro

Cada aluno irá receber um kit com três máscaras, uma caneca para evitar contato com o bebedouro e sabonete

Por: Redação
Ouça este conteúdo

A Prefeitura de São Paulo afirmou nesta quinta-feira, 14, que as aulas presencias serão retomadas, de forma seletiva, a partir de 1º fevereiro. As escolas poderão funcionar incialmente com 35% da capacidade, seguindo protocolos sanitários unificados para as redes municipal, estadual e privadas.

Neste primeiro momento, professores participarão de planejamento e ensino remoto e as atividades presenciais para alunos começam dia 15.  Já as escolas particulares têm autorização para iniciar antes desta data.

aulas
Crédito: Pixabaya rede municipal, aulas retornarão no dia 15 de fevereiro, mas ensino particular tem autorização para iniciar antes

Cada aluno irá receber um kit com três máscaras, uma caneca para evitar contato com o bebedouro e sabonete. As escolas também vão passar por adaptações, como sinalização, reforma de banheiros, aquisição de tapetes sanitários, entre outras medidas sanitárias.

A prefeitura também disse que já comprou mais de 6 mil termômetros, além de protetores faciais (face shield) para funcionários das escolas.

A secretária-adjunta de Educação, Minéia Fratelli, disse que a presença dos alunos não será obrigatória.

“Os familiares podem optar pelo retorno das crianças ou não. Então, a gente vai fazer essa pesquisa com os familiares. Pode ser que eu tenha escolas que eu tenha que fazer um rodízio, porque mais de 35% querem voltar, ou outras que eu posso atender todos os dias, diariamente, porque só 35% querem voltar”, explicou.

Monitoramento

As escolas funcionarão durante o período habitual e passarão por constante análise. Em caso de suspeita, além do Protocolo de Saúde já desenvolvido, as escolas contarão com acompanhamento de UBS (Unidade Básica de Saúde) de referência que farão o monitoramento da unidade, colaborando com as dúvidas frequentes e o encaminhamento de possíveis casos.

Compartilhe: