Crianças desenvolvem autonomia brincando ao ar livre

Por: Catraca Livre

O contato da criança com a natureza é fundamental para seu desenvolvimento, e isso pode ser proporcionado inclusive com algumas horas diárias brincando ao ar livre. Inclusive, uma série de estudos aponta que a interação com espaços ao ar livre tem mais benefícios do que pode parecer.

Brincar ao ar livre ajuda a evitar distúrbios de atenção e hiperatividade

Em artigo compartilhado no site Child in the City, Monica Arkin comenta um estudo desenvolvido na Noruega e publicado no “Journal of Environmental Psychology” que identificou uma associação entre as crianças que passam mais tempo brincando ao ar livre nas creches com um melhor funcionamento de seu desenvolvimento. Entre os pequenos de quatro a sete anos, aqueles que interagiam mais com a natureza também tinham menor probabilidade de apresentar sintomas de distúrbios de atenção e hiperatividade.

Outras pesquisas também já sinalizaram que jovens de até 12 anos com maior vivência em espaços externos apresentam uma melhor qualidade de saúde mental e equilíbrio emocional. A especialista destaca também que brincar ao ar livre proporciona aprender a brincar livremente, explorar o espaço, desenvolver autonomia, tomada de decisões e habilidades de planejamento.

Ela menciona um estudo de 2014, realizado nas universidades de Colorado e Denver, nos Estados Unidos, que analisou crianças de seis e sete anos nesses momentos de brincadeira livre e concluiu que esses pequenos apresentavam melhores resultados em testes que avaliavam as habilidades das crianças em planejar e desenvolver estratégias sem o apoio de adultos.

Leia mais:

Compartilhe: