CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Depois da pressão, Weintraub ‘sugere’ que Enem seja adiado por até 60 dias

Segundo o ministro da Educação, a decisão ocorre “diante dos recentes acontecimentos no Congresso”

Por: Pedro Peduzzi, da Agência Brasil

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, admitiu nesta quarta-feira, 20, pelas redes sociais, o adiamento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) por um prazo entre 30 e 60 dias. Em sua conta no Twitter, ele informa que a decisão ocorre “diante dos recentes acontecimentos no Congresso” e após conversas com líderes do centrão.

Crédito: Marcelo Camargo/Agência BrasilMinistro da Educação, Abraham Weintraub, recua e sugere adiar Enem em até 60 dias

Weintraub já havia anunciado que o governo abriria uma consulta direta, pela internet, para que os candidatos inscritos no Enem decidissem a data em que o exame seria realizado. No post publicado nesta quarta, o ministro reitera que a participação pode ser feita pela “Página do Participante”, com senhas individuais, no site do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

“Peço que escutem os mais de 4 milhões de estudantes já inscritos para a escolha da nova data de aplicação do exame”, tuitou o ministro. A consulta na Página do Participante está prevista para o fim de junho.

Todos os inscritos poderão escolher entre a manutenção da data das provas, o adiamento e a suspensão indefinida do exame deste ano por causa da pandemia de covid-19. As provas do Enem estão marcadas para 1º de novembro (linguagens, códigos e suas tecnologias; redação; ciências humanas e suas tecnologias) e 8 de novembro (ciências da natureza e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias). Estudantes podem se inscrever no Enem até sexta-feira, 22.

Senado

Na última terça-feira, 19, o Senado aprovou um projeto de lei que adia o Enem, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), com 75 votos favoráveis e apenas um contrário (de Flávio Bolsonaro). O projeto não estabelece novo prazo para a realização das provas, ficando dependente da evolução da situação epidemiológica. O texto segue para a Câmara.

Justiça

A Justiça também se manifestou sobre o tema. No dia 18, a Defensoria Pública da União (DPU) entrou com recurso no Tribunal Regional Federal da 3ª Região pedindo que a decisão de manter o exame durante a pandemia do novo coronavírus seja revista.

Em abril, o órgão conseguiu uma liminar favorável ao adiamento das datas da prova, mas a medida foi derrubada pelo desembargador Antônio Cedenho, atendendo a pedido da Advocacia-Geral da União (AGU).

1
Weintraub ignora apelo de estudantes e mantém a data do Enem em meio à pandemia
Em meio à pandemia do novo coronavírus, estudantes de todo o país têm utilizado as redes sociais para pedir o …
2
9 passos para escrever um roteiro impecável
Escrever roteiro de um filme pode ser uma tarefa desafiadora: exige criatividade, dedicação e persistência para que ideias maturem.Roteiristas profissionais …
3
Crise na Educação: o Enem, o Sisu e a demissão inesperada no Sesu
Crise na Educação: o Enem, o Sisu e a demissão inesperada no SesuAs últimas semanas foram carregadas de incertezas e …
4
Enem: após confusão, MEC corrige notas e libera inscrição no Sisu
O ministro da Educação,  Abraham Weintraub, publicou um vídeo em sua conta no Twitter com novas explicações para as inconsistências …
5
Baixa na Educação: MEC decide tirar TV Escola do ar
O Ministério da Educação (MEC) decidiu não renovar o contrato com a TV Escola, canal educativo com 25 anos de …
6
48:28
ENEM! Aulão de história na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
7
59:42
ENEM! Aulão de português na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
8
47:47
ENEM! Aulão de matemática na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …